https://www.poetris.com/
Poemas : 

MÁSCARA ROSA

 
MÁSCARA ROSA
Lembro de você escondida sob a máscara rosa.
Lembro dos olhos vivos que sorriam à distância segura
me olhando como se me amasse.
Em meio a tantas máscaras de cores diversas essa rosa
me era familiar de outras filas.
Te vi a primeira vez na saída da semana há meses atrás.
Me parece uma eternidade o encontro na fila da loja.
Você à distância segura do balcão
atendida pelo indiferente rapaz de máscara azul.
Também a minha era azul. Um azul mais azul.
E você reparou quando olhou para trás e me viu à porta esperando.
Mal sabe que esperava por ti.
Sempre esperei por ti.
Foi só isso esse nosso encontro.
Você fez o que tinha que fazer e saiu me sorrindo com os olhos.
Retribuí.
Depois de meses, agora aqui.
Lembro de você,
Sei que lembra de mim.
Depois de tantos olhares de filas, estamos aqui.
Tão perto. Esse perto possível.
E me sorri.
Retribuo enrugando a máscara.
Há uma faísca transpassando a distância.
Atrevida faísca que rompe a segurança.
Já sabemos de tudo e queremos tudo.
Em segundos tomo a coragem
e com voz abafada pelo azul do pano
te digo: Te amo.
(Proteus).

 
Autor
PROTEUS
Autor
 
Texto
Data
Leituras
65
Favoritos
1
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
10 pontos
0
1
1
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.