https://www.poetris.com/
Poemas : 

O tempo!

 
Ganhando tempo

Meu tempo não Venceu
Nada está vencido
Vencemos etapas e Ainda vamosi vencer outras tantas
hoje e sempre
Bem mais do que antes
Tudo porque o tempo que passamos nada foi em vão
Passo a passo passaremos Semeando novas Sementes
Plantar mudas
E colhendo árvores
Sombra
Ar puro
Vída
Rios cheios de águas vivas
E boas de beber Colher os peixes em rios caudalosos
É tempo do Surgimento de novas nascentes
Periquitos e rolinhas reprovando
A terra e os ares
Tatus, raposas e teius
Espreitando bosques
Não sei se estou só
Nesse ganha tempo
Acho que não
Porque até o sagui
Passou a andar aos pulos
Em meu quintal
E a abelhas Arapuá
Sismar em falar ao meu ouvido
Enquanto assanhava
Os meus cabelos..
Que não se achem que perdemos
Quando estamos para ver passar
Bicho em nosso caminho
Mesmo que seja a jibóia
Ou inhambu desconfiada
No caminho do tempo
Somos todos viajante
Porque tripulamos a mesma
Nau ou neve Gaia.

Por poeta e ecologista
Lizaldo Vieira.


Q U E S E D A N E C U S T O d e V I D A - Lizaldo Vieira
Meu deus
Tá danado
É todo santo dia
O mesmo recado
La vem o noticiário
Com a
estória das bolsas
Do que sobe e desce no mercado
De Tóquio
Nasdaq
São paulo
É dólar que aume...

 
Autor
Lizaaldo
 
Texto
Data
Leituras
101
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.