https://www.poetris.com/
Poemas -> Saudade : 

Mistério

 
Tags:  vida    mistério    anos    roÇa    mocidade.    plantação  
 
Open in new window

imagem - Google
Mistério

É um mistério
Nesse mundo a nossa vida
Pela estrada tão comprida
Onde a gente vai passar
A minha sorte mudou naquele instante
Que eu vim pra bem distante
Deixando atrás o meu lar

Por muito tempo eu vivia lá na roça
Em uma humilde palhoça
Lidando com a plantação
Mas nunca pensava
Que me mudando pra cidade
Eu viveria só de saudade
Em uma negra solidão

Passaram os anos
Perdi a minha mocidade
E também a felicidade
Que a sorte me roubou
Quanta saudade eu tenho agora sozinho
Daquele velho cantinho
Onde eu fui morador

Agora eu vivo
Distante lá da querência
E a minha residencia
Ficou longe daqui
Para acabar, com essa dor desumana
Vou voltar para a choupana
Pra morrer onde eu nasci.

Maringá, 30.06.20


verde

 
Autor
João Marino Delize
 
Texto
Data
Leituras
50
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
2 pontos
0
1
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.