https://www.poetris.com/
Poemas -> Amor : 

Soneto da Alma Prisioneira

 
Open in new window
Soneto da Alma Prisioneira

Ecoa a tua voz em minha cabeça
Faz rolar uma lagrima oleosa
Este poder que não deixa que eu esqueça
De teus lábios vermelhos cor de rosa

Não posso evitar que o mal aconteça
Ou fugir desta sina venenosa
Vou me iludir com tuas falsas promessas
Vou me afastar desta dor caprichosa

E dos céus vão cair flocos de desejos
Que incendeiam meu sangue quando a vejo
Fazendo do meu corpo uma fogueira

Mulher de sonhos que me enche de tesão
Faz deste meu amor loucura e perdição
E m'alma uma louca prisioneira.

Alexandre Montalvan



 
Autor
montalvan
Autor
 
Texto
Data
Leituras
142
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
1 pontos
1
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Violante
Publicado: 09/07/2020 23:48  Atualizado: 09/07/2020 23:48
Da casa!
Usuário desde: 10/09/2019
Localidade: Campinas, Brasil
Mensagens: 349
 Re: Soneto da Alma Prisioneira
Amor se embrulha com dor e lágrimas.
Gostei poeta.


Carpe diem