https://www.poetris.com/
Textos : 

NEM MESMO POR DEVOÇÃO, DEGLUTIREMOS A INGRATIDÃO.

 

MODELO POÉTICO, "CORDEL A MARTELO AGALOPADO"

Nem mesmo por devoção
Deglutiremos a ingratidão
Pois esta nos causa náuseas
Nos embrulha ao estômago
Precisa ser desbastada
Com certo contorcionismo
Para que em nós o cinismo
Não passe a fazer morada
Nos destruindo a auto estima
E nos atirando numa vala.

Vivemos em um sistema
Que prima pela reciprocidade
Mas se uma parte se apequena
A relação fica desgastada
No entanto com muitos esforços
Podem serem recuperados
Os níveis de confianças
Já registrados no passado
Mas agora bem mais sujeitos
A sofrerem novas derrocadas.

Usuários do Youtube
vossas condutas me fascinam
antes de virar a esquina
terei mais de mil inscritos
é disto que necessito
para fazer transmissões ao vivo
https://youtu.be/OET6Q8_UHB8


Enviado por Miguel Jacó em 07/08/2020
Código do texto: T7028721
Classificação de conteúdo: seguro

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Miguel Jacó

 
Autor
Migueljaco
 
Texto
Data
Leituras
81
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
3 pontos
1
1
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
IsabelRFonseca
Publicado: 08/08/2020 10:39  Atualizado: 08/08/2020 10:39
Colaborador
Usuário desde: 25/05/2013
Localidade:
Mensagens: 3217
 Re: NEM MESMO POR DEVOÇÃO, DEGLUTIREMOS A INGRATIDÃO.

Somos ingratos por natureza
seja no trabalho ou no dia dia
o pior defeito do ser humano é a ingratidão
nós precisamos sempre uns dos outros


um abraço poeta Migueljacó