https://www.poetris.com/
Poemas -> Reflexão : 

Por um punhado de dinheiro

 
Na esquina da vida estou
Na espera de um dinheiro
Para que possa me alimentar amanhã
E não passe fome o dia inteiro.

Por um punhado de dinheiro
Entrego meu corpo a qualquer um
Que esteja disposto a pagar pelo prazer
Sem sentir remorso algum.

Essa é minha sina
Desde que sai de casa menina
E ao mundo perdido me entreguei.

As noites de amor intenso
Causa-me um sofrimento imenso,
Não era essa a felicidade que sonhei.

Poema: Odair José, Poeta Cacerense

 
Autor
Odairjsilva
 
Texto
Data
Leituras
83
Favoritos
1
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
14 pontos
4
1
1
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Gyl
Publicado: 21/10/2020 11:58  Atualizado: 21/10/2020 11:58
Membro de honra
Usuário desde: 08/08/2009
Localidade: Brasil
Mensagens: 15509
 Re: Por um punhado de dinheiro
Por um punhado de dinheiro um traiu o Salvador.


Enviado por Tópico
Mr.Sergius
Publicado: 22/10/2020 19:04  Atualizado: 22/10/2020 19:04
Da casa!
Usuário desde: 14/08/2018
Localidade:
Mensagens: 329
 Re: Por um punhado de dinheiro
O dinheiro que deveria ser apenas um instrumento para facilitar as trocas entre quem produz o que o outro não, ganhou um valor inusitado em si mesmo. Muitas vezes destrói vidas. Lindo poema, excelente observação da vida...