https://www.poetris.com/
Poemas -> Tristeza : 

Entre os lencóis de cetim

 
As noites são silenciosas quando quero pensar.
Não ouço a respiração dos meus próprios medos.
Deixo-me levar pelo silêncio da minha alma
Que busca alívio para a dor interna.
De dia foram os sorrisos.
Mas, à noite trás consigo a angústia de uma solidão
Que permanece no vazio da alma.
Lá no fundo,
O que quero é ter a liberdade
De deixar escapar pelos meus dedos
As ilusões escondidas dentro do coração.
Lá fora as estrelas brilham e o vento sopra as folhas.
Parece fazer frio.
Mas, eu me escondo por entre os lençóis de cetim
Na esperança de não sofrer.

Poema: Odair José, Poeta Cacerense

 
Autor
Odairjsilva
 
Texto
Data
Leituras
56
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.