https://www.poetris.com/
Poemas : 

Dueto em falso

 
A tua parte segredada
sob um olhar sugestivo
recito

E o meu verso rejubila

A minha voz ganha corpo
e todo o por dizer, brilho, claro
grito

A tua palavra rodeada de silêncios

Um escuro no meio da luz
um breu que incendeia,
apaga

E o meu verso estrofe, epopeia

Um dueto
em falso...


Sou fiel ao ardor,
amo esta espécie de verão
que de longe me vem morrer às mãos
e juro que ao fazer da palavra
morada do silêncio
não há outra razão.

Eugénio de Andrade

Saibam que agradeço todos os comentários.
Por regra não respondo.

 
Autor
Rogério Beça
 
Texto
Data
Leituras
181
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
4 pontos
2
1
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Migueljaco
Publicado: 09/05/2021 15:14  Atualizado: 09/05/2021 15:14
Colaborador
Usuário desde: 23/06/2011
Localidade: Taubaté SP
Mensagens: 9798
 Re: Dueto em falso
Bom dia Poetas, parabéns por este dueto de afinados versos, um abraço a vocês, MJ.

Enviado por Tópico
Esqueci
Publicado: 09/05/2021 16:01  Atualizado: 09/05/2021 16:01
Da casa!
Usuário desde: 02/11/2019
Localidade:
Mensagens: 282
 Re: Dueto em falso
Obrigada,por nos trazer sempre boa poesia.
Um abraço e bom domingo , irmão Rogério