https://www.poetris.com/
Poemas -> Saudade : 

Os dias incontáveis de minha solidão

 
Os dias incontáveis de minha solidão
 
Nada parecia mudar o cenário
De uma dor
Tão sentida na alma
Como feridas de uma cicatriz
Que não se cura
E eu a lamentar
Os dias incontáveis de minha solidão
Sem saber
Onde direcionar os meus passos
Depois de não mais ver
O olhar
Sedutor
O sorriso
Encantador
Da musa nos meus pensamentos
Uma saudade sem fim
De um tempo que se foi
Na fria madrugada
Que nunca será esquecida
Não chore não querida
Se tudo foi desfeito
Como as cinzas
Espalhe-se pelo chão
E chore
No fundo nada disso existiu
Só estava nos pensamentos
De um pobre sonhador.

Poema: Odair José, Poeta Cacerense

 
Autor
Odairjsilva
 
Texto
Data
Leituras
147
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
2 pontos
2
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 02/08/2021 21:03  Atualizado: 02/08/2021 21:03
 Re: Os dias incontáveis de minha solidão
o que são dias incontáveis Odair? são dias que nunca mais acabam ou dias que não se contam. o melhor é deitar tudo cá para fora, não há nada que não se possa contar, claro que há que arranjar uma forma, um engenho, ter em conta certos parâmetros em prol da decência, a ética... podes pisar meio centímetro depois do risco, mas, bora lá cuspir isso tudo porque corres o risco de te afogares e não sei se nesse momento estarás dentro do perímetro de segurança onde te possa salvar, eu ou quem estiver na praia no momento.
uma boa noite amigo