https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

Inveja

 
Eu invejo teu empenho
Tua casa, teu amante
Eu invejo o teu instante
Tudo, tudo que não tenho.

Tens a chama. Tenho o lenho
Tenho cobiça constante
Pois da terra donde venho
Sequer luz um diamante.

Minhas bençãos ignoro
Só aos outros priorizo
Não sou espiritual...

Eu odeio onde moro
Nada, nada realizo
Vivo lhe querendo... Mal!


Gyl Ferrys

 
Autor
Gyl
Autor
 
Texto
Data
Leituras
260
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
10 pontos
4
3
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Keithrichards
Publicado: 09/09/2021 18:59  Atualizado: 09/09/2021 18:59
Colaborador
Usuário desde: 17/03/2014
Localidade:
Mensagens: 2579
 Re: Inveja
Um poema realista, reflete bem quem ao peito carrega esse sentimento de inveja...uma bela descrição, apreciei , grande abraço!


Enviado por Tópico
Mr.Sergius
Publicado: 10/09/2021 13:26  Atualizado: 10/09/2021 13:26
Colaborador
Usuário desde: 14/08/2018
Localidade: Luxor (Egito) / काठमाडौं (Nepal)
Mensagens: 1070
 Re: Inveja
A inveja e a cobiça são duas irmãs nefastas. A primeira se dói pelo que outros têm e, para ser feliz, "perder" é o verbo a ser conjugado nas segundas e terceiras pessoas de qualquer tempo.
Já a segunda simboliza o desejo que tudo pelo que se lutou, se lhe transfira de forma graciosa e espontânea, afinal ela se sente mais merecedora que o atual dono.
O poema põe a nu essas duas farsantes dos sentimentos dos incapazes e nos brinda com uma perfeita leitura da vida.
Parabéns.

Enviado por Tópico
Odairjsilva
Publicado: 11/09/2021 12:55  Atualizado: 11/09/2021 12:55
Membro de honra
Usuário desde: 18/06/2010
Localidade: Cáceres, MT
Mensagens: 3619
 Re: Inveja
Inspirador. É ler e desfrutar a essência das palavras. Gostei muito! (Invejo?) Abraços poéticos!!!