https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

O fogo crepitando

 

Abrigo-me sob um céu feito de horas
antigas
e os meus cabelos são mãos de seda
deslizando
no véu azul da noite espessa.

A voz dos sinos canta a casa e o fogo
crepitando
os cheiros
os sabores
dos vultos e do chão
afagando os sulcos do meu rosto.

Soletro os meus caminhos
os lugares
as histórias
as pedras simples
uma a uma

habito os silêncios inquietos
das árvores
e das sombras

e em palavras de ontem
inscrevo as águas
das memórias
nas veias e raízes do meu tempo.





 
Autor
maria.ana
Autor
 
Texto
Data
Leituras
327
Favoritos
1
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
14 pontos
2
2
1
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Abissal
Publicado: 21/12/2021 17:24  Atualizado: 21/12/2021 17:24
Da casa!
Usuário desde: 27/10/2021
Localidade:
Mensagens: 315
 Re: O fogo crepitando
Tão bonito. Gostei muito da leitura.