https://www.poetris.com/
Sonetos : 

Tortura

 
Tags:  poemas    profundo    razão.    ressonância  
 
Open in new window

Tortura

A ressonância dos meu poemas
Acho que não vão muito distante
Por que alguns donos do sistema
Têm no dinheiro o que é importante

Mas, mesmo assim vou escrevendo
Alguém vai lendo por esse mundo
Mudar o mundo eu não pretendo
No meu discurso pouco profundo

Pois cada um tem a sua opinião
E ninguém é o dono da razão
Então a vida vai continuar assim

Alguém se acha uma grande figura
Sem escrúpulos defendem a tortura
Mas eu eu não tenho isso em mim.

jmd/Maringá, 12.01.22


verde

 
Autor
João Marino Delize
 
Texto
Data
Leituras
39
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.