https://www.poetris.com/
 
Poemas -> Reflexão : 

Salmo 91

 
Tags:  salvação    altar    escudo  
 
Não se impressione com o altar em ruínas
Por que a casa sou eu,
O caçador se perdeu pelas esquinas
E tua febre assassina
Passou e você nem percebeu.

À noite te trará coragem
Para a batalha que começara com o dia;
Serei tua única arma e bagagem
A chave para tua passagem,
Escudo para a bala cega que ti desafia.

Sobre a linha que divide infelizes e desgraçados,
Você assistira a morte eterna se cumprir.
A espada revoltar-se contra o próprio soldado
Exércitos inteiros tombarem ao seu lado
Incapazes de ti atingir.

A sombra de postes mal iluminados
Meus anjos estarão a ti guardar,
Sob o olhar aguçado
De serpentes esfomeadas
Ti acompanhando suspenso no ar.

E passeara indiferente
Mesmo perante o rugido do leão.
Quando invocado, estarei presente,
Reafirmando teus dias eternamente
A ti mostrar a minha salvação.

 
Autor
espigao
Autor
 
Texto
Data
Leituras
1864
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.