https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

Tudo e nada

 
Pássaro, sou poeta sem nome, sem estirpe
Um pássaro das letras e silabas de pássaro
Palavras ruivas, tão vermelhas, tão negras
Carregadas no vento que trouxe as chuvas
Aos olhos d'um céu cinzento, inconcebível
Um pássaro que se incendeia e renascerá
Desplumado como víbora, breve e atenta
No sutil e volátil ar se converte em águia
Para, rasante, atravessar as teias da vida
Bicar a estrela da manhã, qual fosse nada
Tocar no sonho da noite, qual fosse tudo
Numa incipiente primavera, tudo ou nada
Amanhecer enfim, dia após dia, sol rubro
Nutrido da palavra oculta, do sal da terra
E despertado, beber do vinho que é verbo
Mistério real da transmutação do pássaro
No poeta que busca na sombra e vê a luz


"Somos apenas duas almas perdidas/Nadando n'um aquário ano após ano/Correndo sobre o mesmo velho chão/E o que nós encontramos? Só os mesmos velhos medos" (Gilmour/Waters)


 
Autor
Sergius Dizioli
 
Texto
Data
Leituras
227
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
9 pontos
5
2
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
GabrielaMaria
Publicado: 24/10/2023 17:00  Atualizado: 24/10/2023 17:00
Membro de honra
Usuário desde: 04/09/2022
Localidade:
Mensagens: 911
 Re: Tudo e nada
.

O poema trouxe a sensação de buscar conhecer do autor alguns significados e alguns pedaços sobressai, talvez como uma águia.
Abraços.


"Palavras ruivas, tão vermelhas, tão negras
Carregadas no vento que trouxe a chuva
Aos olhos um céu cinzento, inconcebível
Um pássaro que se incendeia e renascerá
Desplumado como víbora, breve e atenta"


Enviado por Tópico
Paulo-Galvão
Publicado: 24/10/2023 20:02  Atualizado: 24/10/2023 20:02
Usuário desde: 12/12/2011
Localidade: Lagos
Mensagens: 1173
 Re: Tudo e nada
Gostei do retrato.
Talvez por me ver na sombra,
Paulo


Enviado por Tópico
(re)velata
Publicado: 25/10/2023 00:22  Atualizado: 25/10/2023 00:22
Membro de honra
Usuário desde: 23/02/2009
Localidade: Lagos
Mensagens: 2214
 Re: Tudo e nada
Gostei de voar com esse pássaro-poeta, pelas sombras "das letras e das sílabas", buscando renascer pela palavra e alcançar a luz no fruto que é o seu poema.