https://www.poetris.com/
 
Sonetos : 

“Amor indisciplinado” - Soneto

 
Tags:  amor    poesia    saudade    lua    lembranças    magia    carência  
 
“Amor indisciplinado” - Soneto
 
“Amor indisciplinado” - Soneto

“Esse amor que vale as correntes que arrasto
Que em torno da lua desenha mistérios
Que me puxa sempre por mais que me afasto
Que me faz sonhar com poesia e castelos

Esse amor que é presente desde o passado
De lembranças que chegam, de pura magia.
Que faz vir à tona, a carência de afago.
Que decora em braile, minha anatomia.

Esse amor extingue a saudade insana
Cujo calor, manda embora a dor e o frio.
Que de repente preenche todo o vazio

Ah esse amor... Que me faz flutuar
Que é dor, mas que é também lenitivo.
Amor que eu quero, e pelo qual vivo.


Glória Salles




Glória Salles

 
Autor
GlóriaSalles
 
Texto
Data
Leituras
1422
Favoritos
1
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
16 pontos
8
0
1
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
elisabeteluisfialho
Publicado: 10/08/2008 08:29  Atualizado: 10/08/2008 08:29
Da casa!
Usuário desde: 01/07/2008
Localidade: Alcobaça
Mensagens: 464
 Re: “Amor indisciplinado” - Soneto
Está sentido...gostei
Um abraço


Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 10/08/2008 09:05  Atualizado: 10/08/2008 09:05
 Re: “Amor indisciplinado” - Soneto P/GLORIA SALLES
ESTIMADA POETISA, SUA VEIA POETICA É MARAVILHOSA, ESTE POEMA É MAIS UMA PROVA DISSO.

O AMOR É ASSDIM MESMO SE O VIVEMOS JAMAIS ESWUECEREMOS OS MOMENTOS FELIZES QUE NOS PROPORCINOU, SE ELE ABALOU, POR QUALQUER MOTIVO, NOS SENTIMOS FRACOS, MAS COM FORÇAS PARA O RECONQUISTAR E DE NOVO SER FELIZ.

LINDO POEMA, ADOREI, QUE SUA VIDA SEJA SEMPRE UM PARAÍSO ONDE O AMOR VIVA E REINE EM SEU CORAÇÃO


Enviado por Tópico
Nanda
Publicado: 10/08/2008 11:39  Atualizado: 10/08/2008 11:39
Colaborador
Usuário desde: 14/08/2007
Localidade: Setúbal
Mensagens: 11068
 Re: “Amor indisciplinado” - Soneto
Glorinha, esse amor pelo qual você vive, vale mesmo a pena.
vale a pena também sorver os teus sonetos.
Bom Domingo
Nanda


Enviado por Tópico
gil de olive
Publicado: 10/08/2008 18:49  Atualizado: 10/08/2008 18:49
Colaborador
Usuário desde: 03/11/2007
Localidade: Campos do Jordão SP BR
Mensagens: 4838
 Re: “Amor indisciplinado” - Soneto
Achei que foi bem escrita sua poesia, versos suaves e bem disciplinados!