https://www.poetris.com/
 
Prosas Poéticas : 

Carta de uma mulher abandonada

 
Tags:  amor    ausência    abandono  
 
O sol acordou envergonhado, escondendo-se atrás das nuvens cinzentas.
Há cinco anos que não dormia sozinha... Mas sabes? Soube-me bem! Não vou mentir e dizer-te que adormeci mal caí na cama, como é meu hábito. Adormeci sentindo a almofada molhada e o sabor a sal na minha boca. Mas acordei mais forte hoje, como o sol, que aos poucos vence a batalha contra as negras nuvens.
Não sei como mudaste tanto em tão pouco tempo! Ou não mudaste... Mudaram sim os teus sentimentos. Talvez por não serem fortes e sinceros o suficiente.
Lembras-te da nossa última passagem de ano? Foi apenas há uns meses atrás... Resolvemos passá-la juntos, só os dois! Jantámos à luz de velas, bebemos aquele vinho especial que nos ofereceram no Natal e passámos a noite mais maravilhosa de que tenho memória! Não... Não estou a falar da forma como fizemos amor, porque sempre foste um amante atencioso e sempre me levaste às estrelas. Falo da nossa conversa olhos nos olhos, com o teu sorriso terno a enfeitar-te a boca. Das palavras doces e únicas que te ouvi. Sabes que nunca quis casar... Para mim isso nunca passou de uma mera formalidade, papéis e chatices. E nós estávamos tão felizes assim, não estávamos? Mas quando me pediste em casamento, os meus olhos encheram-se de lágrimas e imaginei-me vestida de branco a entrar na igreja, com véu e grinalda, como manda a tradição e de braço dado com o meu pai, ainda incrédulo por me estar a levar ao altar. Vi a nossa lua-de-mel que seria numa praia paradisíaca onde o calor nos aqueceria o desejo.
Em poucas semanas tudo mudou. No início acreditei que estavas realmente a trabalhar mais, porque ambicionavas ser promovido. Ajudei-te e perdoei-te as ausências, a distância e a falta de atenção. Tinha que te apoiar mais que nunca naquele momento. Deverias estar cansado, exausto e em breve tudo voltaria a ser como antes, ou melhor! Muito melhor ainda.
Jamais esquecerei a noite de ontem… Agora sei que no fundo já sabia. Assim que me disseste que era importante o que tinhas para me dizer, eu senti que já sabia. Estavam assim explicadas todas as tuas atitudes das últimas semanas.
Sabes? Sinto que um dia destes vais acordar arrependido. Isso não passa de uma paixão louca que durará apenas o tempo necessário. Mas quando passar eu não estarei disponível para ti. Sabes que posso chorar, gritar e sofrer desalmadamente mas jamais volto atrás.
Espero que sejas feliz no teu percurso pela vida. Eu hoje acordei cinzenta como as nuvens. Mas sabes? Aos poucos o sol entra-me na alma!
 
Autor
Vera Sousa
 
Texto
Data
Leituras
12428
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
10 pontos
10
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Julio Saraiva
Publicado: 18/08/2008 22:51  Atualizado: 18/08/2008 22:51
Colaborador
Usuário desde: 13/10/2007
Localidade: São Paulo- Brasil
Mensagens: 4206
 Re: Carta de uma mulher abandonada p/Vera Silva
Vera,

ficção ou não, comentando recuso-me a comentar. toda a separação é triste. tem cheiro de morte, é cicatriz que fica. as ausências são eternas. eu tenho muitas e as detesto todas.

afeto,

júlio

Enviado por Tópico
De Moura
Publicado: 18/08/2008 22:59  Atualizado: 18/08/2008 22:59
Colaborador
Usuário desde: 10/12/2007
Localidade: USA / NJ
Mensagens: 752
 Re: Carta de uma mulher abandonada/ To Vera Silva
Olá Vera,

Este é o teu primeiro texto que leio, nem sei se tens mais...mas te quero dar os Parabéns está lindamente escrito...
Quanto ao acontecimento da história, bem, é o prato do dia a dia...que fazer

Um beijo,
A.

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 19/08/2008 00:10  Atualizado: 19/08/2008 00:10
 Re: Carta de uma mulher abandonada
Vera,
Bem escrito, dentro do estilo que para mim, transitas livremente, esse espaço onde crias personagens tão reais, trágicos, sempre pintados de esperança.Continue!
Beijo.

Enviado por Tópico
fogomaduro
Publicado: 19/08/2008 00:40  Atualizado: 19/08/2008 00:40
Colaborador
Usuário desde: 06/08/2008
Localidade:
Mensagens: 1478
 Re: Carta de uma mulher abandonada
A melhor resposta ao amor/desamor, será, segundo Horácio:«Carpe diem!»

DM

Enviado por Tópico
Nanda
Publicado: 19/08/2008 01:17  Atualizado: 19/08/2008 01:17
Colaborador
Usuário desde: 14/08/2007
Localidade: Setúbal
Mensagens: 11186
 Re: Carta de uma mulher abandonada
Verinha,
Primor de texto que li com muita atenção.
Há que fazer o luto e seguir em frente, a felicidade está aí ao virar da esquina, a gente é que não a vê.
Espero que seja ficção, pois não gostaria de saber que estás a sofrer, mas se assim for é mais uma provação.
Bjs
nanda

Enviado por Tópico
VónyFerreira
Publicado: 19/08/2008 12:32  Atualizado: 19/08/2008 12:32
Membro de honra
Usuário desde: 14/05/2008
Localidade: Leiria
Mensagens: 9702
 Re: Carta de uma mulher abandonada
E tu sabes, Vera?
Chorei baba e renho como usualmente dizemos por aqui... ao ler esta carta.
Não importa se é ficção ou não. Importa sim a ALMA que desce sobre as palavras como uma sombra.
A tua carta é de um realismo sufocante e sei que muitas mulheres se vão identificar com ela.
Um beijo, querida amiga!
Vóny Ferreira

Enviado por Tópico
Ramgad
Publicado: 19/08/2008 12:42  Atualizado: 19/08/2008 12:42
Colaborador
Usuário desde: 13/04/2007
Localidade:
Mensagens: 944
 Re: Carta de uma mulher abandonada
Interessante sua carta, deixa transparecer no final o orgulho ferido:"Mas quando passar eu não estarei disponível para ti. Sabes que posso chorar, gritar e sofrer desalmadamente mas jamais volto atrás." e também o sonho do casamento bem camuflado no fundo da alma.

Parabéns pelo texto

Abs
Ramgad/Minnie Brasil

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 19/08/2008 12:57  Atualizado: 19/08/2008 12:57
 Re: Carta de uma mulher abandonada
Querida Vera, é muito triste uma situação dessa, e só quem a passa para saber e tirar conclusões, ficção ou não está muito bem escrito e com um final que eu acho que todos, tanto homens quanto mulheres deveriam ter no pensamento. O término de um relacionamento deve ser para sempre, pois uma vez quando não se ama mais, não tem como dizer que voltou a amar! Para mim tbém seria o finish! bjs e parabénsssssssss!

Enviado por Tópico
ângelaLugo
Publicado: 20/08/2008 20:11  Atualizado: 20/08/2008 20:11
Colaborador
Usuário desde: 04/09/2006
Localidade: São Paulo - Brasil
Mensagens: 14956
 Re: Carta de uma mulher abandonada p/ Vera Silva
Querida Vera

As separações são sempre tristes
dilaceram ambos os corações
Ainda bem que sempre haverá um novo
dia para o sol adentrar a alma que
se encontra na melancolia fazendo
dela um mundo novo em esperança
Belo texto

Beijinhos no coração

Enviado por Tópico
Leo Marques
Publicado: 27/08/2008 00:35  Atualizado: 27/08/2008 00:35
Da casa!
Usuário desde: 01/09/2007
Localidade: Évora
Mensagens: 309
 Re: Carta de uma mulher abandonada
Uma carta maravilhosamente escrita,retratando como é doloroso o abandono,pode não ser a tua realidade,mas o é com toda a certeza,a realidade de muitas mulheres.Parabéns poeta!! Beijo