https://www.poetris.com/
 
Prosas Poéticas : 

Não sei onde procurar palavras

 
As palavras desapareceram pelo ralo da amargura convergindo todas para um buraco negro, onde ficam prisioneiras da tristeza.
O riso foge e leva a vontade, fica um sorriso pouco convincente de bom tempo.
Os dias começam e acabam, todos da mesma forma, a igualdade perdura no tempo e nada muda, nada se transforma.
O Sol é o mesmo, só mudam os números do almanaque que teimosamente arriscam o dia da colheita do milho, que tendo os dias contados, saberá resistir.
No interior, nem sempre se consegue vislumbrar o sentido dos acordes do cavaquinho, a melodia arrojada marca a abertura da caça aos gambuzinos.
Chegam as primeiras chuvas que alagam os beirais, onde outrora a vida se fez. Os canais transbordam e rebentam em soluços profundos, capazes de enrolar o mais doce sorriso.
Os pintos treinam os voos rasantes de pastas às costas, prevê-se uma longa e atenta vigília com as letras.

Pouco muda, mas o tempo, esse desgraçado, não perde uma para nos afrontar e marcar silenciosamente.



Carolina

 
Autor
Carolina
Autor
 
Texto
Data
Leituras
1552
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
28 pontos
28
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
VónyFerreira
Publicado: 23/08/2008 14:54  Atualizado: 23/08/2008 14:54
Membro de honra
Usuário desde: 14/05/2008
Localidade: Leiria
Mensagens: 9702
 Re: Não sei onde procurar palavras
Mais uma excelente reflexão Carolina,daquelas que nos preenchem completamente o espírito.
Uma vez mais revi-me no que escreves e sem dificuldades digo-te que é nessa busca permanente que fazemos diariamente, que vamos procurando a tal felicidade de existir, por mais que nos sintamos tristes, em determinados momentos.
Um abraço grande e... bom fim de semana!
Vóny Ferreira


Enviado por Tópico
GlóriaSalles
Publicado: 23/08/2008 14:55  Atualizado: 23/08/2008 14:55
Colaborador
Usuário desde: 28/07/2008
Localidade: Flórida Pta-SP
Mensagens: 2514
 Re: Não sei onde procurar palavras
Poema leve e forte ao mesmo tempo.
Alias o TEMPO, é nosso aliado...
Bjos

Open in new window


Enviado por Tópico
Nanda
Publicado: 23/08/2008 15:19  Atualizado: 23/08/2008 15:19
Colaborador
Usuário desde: 14/08/2007
Localidade: Setúbal
Mensagens: 11186
 Re: Não sei onde procurar palavras
Pois carolina,
De facto já nada é como no tempo em que se podia seguir o borda d'água.
Bjs
Nanda


Enviado por Tópico
Julio Saraiva
Publicado: 23/08/2008 15:20  Atualizado: 23/08/2008 15:20
Colaborador
Usuário desde: 13/10/2007
Localidade: São Paulo- Brasil
Mensagens: 4206
 Re: Não sei onde procurar palavras p/Carolina
carol, que coisa bonita você escreveu. lembra-me o eclesisastes, o mais belo e sábio dos 73 livros que compõem as escrituras sagradas - "não existe nada de novo sob o sol." mas o riso, minha amiga, como você bem observa,foge com a vontade, fica um riso pouco convincente de bom tempo." de fato, "os canais transbordam e rebentam em soluços profundos capazes de enrolar o mais doce sorriso." aprendo. e, tentando ser bom aluno, apóio-me num poema chinês, que diz: "Se uma mulher te fala/Olha, sorri/ E cala."
eu me calo.

afeto,

júlio


Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 23/08/2008 15:24  Atualizado: 23/08/2008 15:24
 Re: Não sei onde procurar palavras
Um belo texto, impregnado da tua personalidade forte, e da tua percepção situada do tempo.
No ciclo da vida os pintos de pasta às costas trazem-te para dentro da sala da vida.
Muito bom. Parabéns minha amiga.


Enviado por Tópico
Alberto da fonseca
Publicado: 23/08/2008 16:14  Atualizado: 23/08/2008 16:14
Colaborador
Usuário desde: 01/12/2007
Localidade: Natural de Sacavém,residente em Les Vans sul da Ardéche França
Mensagens: 7113
 Re: Não sei onde procurar palavras
O tempo! ai o tempo!
Passa a correr, mais rápido que um carro da formula 1, mas é assim, como o carro, também temos a nossa meta de chegada e de partida.
Tenho saúdades do tempo em que também era pinto e quando chegava à capoeira da instrução, lá estava uma galinha com uma régua na patinha para os mais irrequietos.
Lindo Carolina
bjs poetisa
A. da fonseca


Enviado por Tópico
Bruno Sousa Villar
Publicado: 23/08/2008 17:15  Atualizado: 23/08/2008 17:15
Super Participativo
Usuário desde: 09/03/2007
Localidade:
Mensagens: 122
 Re: Não sei onde procurar palavras
Partidário da filosofia de vida dos orientais,como o Júlio,também me calo não sem antes atrever-me de espanto boquiaberto.

Belas imagens,C.

Beijo,BSV


Enviado por Tópico
ellianaalves
Publicado: 23/08/2008 17:51  Atualizado: 23/08/2008 17:51
Colaborador
Usuário desde: 14/06/2008
Localidade: Petrolina-PE
Mensagens: 567
 Re: Não sei onde procurar palavras
Parabéns carol,linda reflexão...
amei minha linda,bjsssssss
e boa tarde querida!!!Open in new window


Enviado por Tópico
patricia-17
Publicado: 23/08/2008 20:21  Atualizado: 23/08/2008 20:22
Participativo
Usuário desde: 22/08/2008
Localidade: Porto
Mensagens: 23
 Re: Não sei onde procurar palavras
Gostei do texto. Foi ,sem dúvida alguma, uma boa reflexão!

Li também alguns dos teus outros textos e acho que estão igualmente bons. E até me identifico com algumas coisas do que escreves.

Sou nova aqui e ainda não tive tempo de colocar aqui muitos poemas e textos escritos por mim, mas vou fazê-lo em breve e conto contigo para me ajudares a aperfeiçoar algumas coisas pois ainda não tenha muita prática. Melhor dizendo...estou aberta a críticas (construtivas) :)


Enviado por Tópico
MariaSousa
Publicado: 23/08/2008 22:21  Atualizado: 23/08/2008 22:21
Membro de honra
Usuário desde: 03/03/2007
Localidade: Lisboa
Mensagens: 4096
 Re: Não sei onde procurar palavras
As palavras estão todas no teu coração. E escorrem pela tua escrita.

Esses pintos já estão quase a chegar ao pé de ti. Força que estão cheios de alegria por voltarem.

Bjs


Enviado por Tópico
LuísNunes
Publicado: 23/08/2008 22:29  Atualizado: 23/08/2008 22:29
Super Participativo
Usuário desde: 24/03/2008
Localidade:
Mensagens: 105
 Re: Não sei onde procurar palavras para Carolina
Já te tenho lido por diversas vezes mas hoje tive vontade de comentar e com um bem estruturado comentário digo:

Gostei muito



Beijo


Enviado por Tópico
HorrorisCausa
Publicado: 25/08/2008 13:32  Atualizado: 25/08/2008 13:32
Colaborador
Usuário desde: 15/02/2007
Localidade: Porto
Mensagens: 2699
 Re: Não sei onde procurar palavras
A grande força das palavras(esse lugar mágico)está na forma como as desdobramos para fora da nossa própria loucura...muito além do tangível, é algo que fazes magicamente,encantado.

Beijo


Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 25/08/2008 14:04  Atualizado: 25/08/2008 14:04
 Re: Não sei onde procurar palavras
Minha querida Carolina, seu texto tem uma profundidade absolutamente verdadeira. Eu tbm não sei onde procurar as palavras, qdo minha alma está em silêncio, pensando em qto tempo ainda me resta nesta jornada...adorei ler, bjos.


Enviado por Tópico
Andy
Publicado: 27/08/2008 11:13  Atualizado: 27/08/2008 11:13
Colaborador
Usuário desde: 01/08/2007
Localidade: Lisboa
Mensagens: 2165
 Re: Não sei onde procurar palavras p/a Carolina
...o tempo marca-nos, mas é o sal da vida

e se alguém sabe onde encontrar palavras és tu

gostei muito!


beijinho!