https://www.poetris.com/
 
Poemas -> Desilusão : 

Flagrante traição

 
Sem grande alarido
os olhos ficam sérios,
parados na voz da pausa
que o pensar obriga a olhar.
Os beijos que trazia guardados
no bolso do colete,
gelaram de estranhos sentimentos.
Amaram, odiaram, ansiaram sempre
ainda que muito doídos salgassem.
O sonho da lapela
perdeu a cor dos sorrisos,
e os sorrisos anoiteceram
glaciados e dor, flamegados.
À frente do corpo,
a tão amada musa do viver
jantava outros amores,
novos amantes...
Não o havia visto chegar,
não o viu partir,
jamais lhe tornou
não mais o viu voltar!

 
Autor
emiliocarlos
 
Texto
Data
Leituras
930
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
1 pontos
1
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
GlóriaSalles
Publicado: 28/09/2008 21:42  Atualizado: 28/09/2008 21:42
Colaborador
Usuário desde: 28/07/2008
Localidade: Flórida Pta-SP
Mensagens: 2514
 Re: Flagrante traição
Amor conturbado, que deixa o coração marcado.
Pungente seu poema.
Mas lindo!!!

Bj
Open in new window