https://www.poetris.com/
 
Poemas -> Reflexão : 

Os poetas e suas mentiras

 
Tags:  rimas    poetas    amantes  
 

Os poetas têm muitas amantes
Mas as trocam a todos instantes
Pois todas elas são de ficção
Mas é bem melhor ir idealizando
Do que ficar sempre esperando
As que são reais e jamais virão

Se um dia chegar uma de verdade
Por certo, vai acabar a saudade
E será o fim de todos os poemas
Pois os poetas só podem valorizar
Enquanto não puderem conquistar
Seus amores e acabar os problemas

Se o poeta bem feliz um dia ficar
Não terá muito tempo para reclamar
O que acontece em toda sua vida
Viverá só para quem muito lhe quer
Não pensará em nenhuma outra mulher
Que não seja a sua eterna querida

Então, sempre vai reclamar sua dor
E falará sempre de um pretenso amor
Que vai mudando em cada poesia
E no final de toda esta explicação
O que faz os poemas é uma ilusão
De resolver seus problemas um dia.

jmd/Maringá, 30.09.08



verde

 
Autor
João Marino Delize
 
Texto
Data
Leituras
790
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
3 pontos
3
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
LuisaMargaridaRap
Publicado: 30/09/2008 15:51  Atualizado: 30/09/2008 15:51
Colaborador
Usuário desde: 19/08/2008
Localidade: Portalegre - Alentejo
Mensagens: 1512
 Re: Os poetas e suas mentiras
Uma grande verdade, os poetas buscam muitas vezes a ilusão para construir criação e escrever as suas poesias.

Gostei bastante deste seu poema.

Beijinhos

Luisa Raposo

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 30/09/2008 16:57  Atualizado: 30/09/2008 16:57
 Re: Os poetas e suas mentiras
Olá amigo poeta!
Amei esse poema!
Você disse uma grande verdade!
O poeta vive e constrói
seu mundo na ilusão
Fazendo-se poesia...
O poeta vive e alimenta de amor!!
Parabens!

Enviado por Tópico
VónyFerreira
Publicado: 30/09/2008 17:01  Atualizado: 30/09/2008 17:01
Membro de honra
Usuário desde: 14/05/2008
Localidade: Leiria
Mensagens: 9702
 Re: Os poetas e suas mentiras
Olá João. Gostei deste seu poema.
Acho que narra com uma enorme verdade muito daquilo que são os poetas.
Um abraço para si.
Vóny Ferreira