https://www.poetris.com/
 
Textos -> Outros : 

Nada

 
Tags:  nada tudo  
 
Nada. Escrevi o nada com todas as palavras possíveis, nada.

Amor, dinheiro, crescer, flor, lápis, escrever, respirar. Nada.

- eu consigo ser nada.

Vou cruzar os dedos na fórmula da esperança e rezar pelo nada, o nada acontece.

Silêncio. Vai-se cantar o nada pelas terras luzidias, vão-se unir caras pelas festas do povo, onde o nada contém tudo e o tudo é nada.



Bebi três golos do vinho e deixei o copo vazio, junto ao rádio onde ouvia canções de amor todas as tardes depois do almoço com os gatos que dormem, agora, junto à lareira de onde vem o quente.
Nada.


les fleurs mortes.

 
Autor
Fleur
Autor
 
Texto
Data
Leituras
1081
Favoritos
1
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
13 pontos
3
1
1
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 06/10/2008 10:53  Atualizado: 06/10/2008 10:54
 Re: Nada
Nada.
Apenas silêncio...

E as tuas palavras magníficas!
Gostei.

Beijo