https://www.poetris.com/
 
Poemas -> Amor : 

Variações

 
Tags:  amor    rio    norte    tejo    leste    oeste    variou  
 
Hoje o meu amor variou.
Desistiu dos ventos insistentes
De Oeste, passou pelo Leste,
Mas pressionado dos dois lados,
Fugiu para Norte.

Amor de estrada longa, interminável,
Talvez até instransponível.
O Tejo é o obstáculo mais fácil...
Faço-o num unico salto, heróico,
Brilhante, Fascinante!

Mas depois vi que este amor
Até nem dava muito jeito.
É longe de casa, o caminho é longo,
Difícil (o rio até é fácil)...
É melhor ficar por perto.

Olhei para o Leste que me pressionou...
Que me deu? Estava tão bem
Onde estava, pertinho de casa...
Agora rumo a Oeste, em passo acelerado
Ao unico e verdadeiro amor que tenho. O teu.




13 de Outubro de 2008
 
Autor
AntonioCarvalho
 
Texto
Data
Leituras
1057
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
4 pontos
4
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
augustocola
Publicado: 13/10/2008 20:25  Atualizado: 13/10/2008 20:25
Luso de Ouro
Usuário desde: 22/07/2008
Localidade: ES - BRASIL
Mensagens: 267
 Re: Variações
E o pior é que o vento não avisa a hora em que vai mudar. Mesmo o velejador mais experiente por vezes se deixa levar.
Gostei muito!
Augusto

Enviado por Tópico
VónyFerreira
Publicado: 13/10/2008 21:15  Atualizado: 13/10/2008 21:15
Membro de honra
Usuário desde: 14/05/2008
Localidade: Leiria
Mensagens: 9702
 Re: Variações
Já lhe disse que aprecio muito o que escreve, Antonio?
Não?
então fica dito.
Aqui está mais um belo poema.
Vóny Ferreira


Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 13/10/2008 23:32  Atualizado: 13/10/2008 23:32
 Re: Variações
Parabéns
Muito bom poema!
abraço
Edilson