https://www.poetris.com/
 
Poemas -> Sombrios : 

Apenas uma alma

 
Uma chuva que cai tão miudinha
Um pensamento que se esconde,
Uma voz ao longe tão baixinha,
Um vulto vestido de negro confunde.

Passos que param mo meio da rua
O dia parece estar a terminar
Aquela mulher deixou de ser tua
E sozinho nesta vida vou ficar

À morte ninguém diz lhe que não
À vida querem escolher os melhores
Em terra faltam os que viver emoção
Eu sou apenas uma alma cheia de dores

Vim cá participar no meu eu, ontem
E o meu eu que perdi sem saber,
Encontrei o meu eu sozinho..
Afinal que vim eu cá fazer.




Iolanda Neiva
(muitas vezes falo só para mim,
e escrevo para que alguém me ouça)

 
Autor
iolanda neiva
 
Texto
Data
Leituras
510
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
1 pontos
1
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Tânia Mara Camargo
Publicado: 27/10/2008 16:24  Atualizado: 27/10/2008 16:24
Colaborador
Usuário desde: 11/09/2007
Localidade:
Mensagens: 4263
 Re: Apenas uma alma
São as tristezas que assolam a alma, gostei
dessa conversa consigo mesma! Beijos!