https://www.poetris.com/
 
Poemas -> Reflexão : 

Aos confins do universo

 
Tags:  sonho    viagem  
 
Open in new window















Deslizo o olhar sequioso
Pelas águas salpicantes
Das vagas silenciosas e irrequietas
Desnudadas pela carícia do sol
Desta ilha enfeitiçada por ti
As escarpadas encostas brilham
Ante os meus olhos marejados
Pelo salgado cristalino do mar
E fustigados pela brisa arisca de mim

Meu corpo sulca as ondas
Guardiãs de vastos segredos
Imobiliza-se, insensível …estático
Abandonado por mim naquele barco
Perco-me em pensamentos delirantes
Translado-me para outra dimensão
De liberta comunhão existencial
Perco-me mais e mais, sem pudor
Nessa voluptuosa viagem
Aos confins do universo
Onde nada é proibido
Nada é recalcado
Tudo emerge na realidade
Da consciência consciente
Dos corpos e das almas.

Escrito a 13/11/08
 
Autor
Liliana Jardim
 
Texto
Data
Leituras
1248
Favoritos
4
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
48 pontos
16
0
4
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 14/11/2008 12:12  Atualizado: 14/11/2008 12:12
 Re: Aos confins do universo
O cosmos permanece em ti como a liberdade da tua alma.
Belo, muito belo.

Beijo

Enviado por Tópico
mim
Publicado: 14/11/2008 12:18  Atualizado: 14/11/2008 12:18
Colaborador
Usuário desde: 14/08/2008
Localidade:
Mensagens: 2858
 Re: Aos confins do universo
O teu poema deixou-me enfeitiçada
noutra dimensão...vou levar comigo.

Beijos, tudo de bom para ti!

Enviado por Tópico
amandu
Publicado: 14/11/2008 12:19  Atualizado: 14/11/2008 12:19
Colaborador
Usuário desde: 24/03/2008
Localidade: LISBOA
Mensagens: 3651
 Re: Aos confins do universo
CADA UM VÊ O MUNDO COMO QUER E ISSO É VERDADE DE TUDO NO MEU MUNDO DE TUDO TAMBÉM É ASSIM.
ADEUS.

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 14/11/2008 12:30  Atualizado: 14/11/2008 12:30
 Re: Aos confins do universo
Encontrei nesta poesia todo um mundo que só existe na na alma poética pura.
Este poema é a 7ª maravilha da poesia.
Sublime!
Beijo azul
...Quantas vezes posso guardar?

Enviado por Tópico
Vera Sousa
Publicado: 14/11/2008 12:51  Atualizado: 14/11/2008 12:51
Membro de honra
Usuário desde: 04/10/2006
Localidade: Amadora
Mensagens: 4100
 Re: Aos confins do universo
"Onde nada é proibido
Nada é recalcado
Tudo emerge na realidade
Da consciência consciente
Dos corpos e das almas."

E seria assim o Mundo perfeito.
Criaste um belíssimo poema, muito intimista, muito terno e suave. Poesia pura Liliana!

Beijinhos linda

Enviado por Tópico
Tânia Mara Camargo
Publicado: 14/11/2008 13:27  Atualizado: 14/11/2008 13:27
Colaborador
Usuário desde: 11/09/2007
Localidade:
Mensagens: 4263
 Re: Aos confins do universo
Liliana consegues extrair poesia
infinda, adoro teu estilo, Beijos!

Enviado por Tópico
António MR Martins
Publicado: 14/11/2008 13:40  Atualizado: 14/11/2008 13:40
Colaborador
Usuário desde: 22/09/2008
Localidade: Ansião
Mensagens: 5064
 Re: Aos confins do universo
Liliana,

Ao ler o seu poema fiquei sonhando...imaginando estar naquela ilha, naquele local.
Muito bonito.

Beijinho

Enviado por Tópico
Alberto da fonseca
Publicado: 14/11/2008 14:59  Atualizado: 14/11/2008 14:59
Colaborador
Usuário desde: 01/12/2007
Localidade: Natural de Sacavém,residente em Les Vans sul da Ardéche França
Mensagens: 7113
 Re: Aos confins do universo
Excelente poema, que me deixou a divagar como se estivesse só numa ilha de sonho
Parabéns Liliana
Bjs poetisa
A. da fonseca

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 14/11/2008 15:51  Atualizado: 14/11/2008 15:51
 Re: Aos confins do universo
Liliane,

Poema límpido que nos lava da alma ao coração.Um momento poético soberbo!
Bjins, Betha.

Enviado por Tópico
LuisaMargaridaRap
Publicado: 14/11/2008 16:38  Atualizado: 14/11/2008 16:38
Colaborador
Usuário desde: 19/08/2008
Localidade: Portalegre - Alentejo
Mensagens: 1512
 Re: Aos confins do universo
Parabéns, ficou perfeito!

Espiritual, belo mt belo...


beijinho

Luisa Raposo

Enviado por Tópico
elisabeteluisfialho
Publicado: 14/11/2008 19:31  Atualizado: 14/11/2008 19:31
Da casa!
Usuário desde: 01/07/2008
Localidade: Alcobaça
Mensagens: 464
 Re: Aos confins do universo
E eu de cá para ti de lá faço-me condidada para essa volupia de sensações
Abraço repolhodo

Enviado por Tópico
Gothicum
Publicado: 14/11/2008 23:10  Atualizado: 14/11/2008 23:10
Da casa!
Usuário desde: 21/09/2008
Localidade: Galáxia de Andrômeda
Mensagens: 427
 Re: Aos confins do universo
“Tenho pensamentos que, pudesse eu trazê-los à luz e dar-lhes vida, emprestariam nova leveza às estrelas, nova beleza ao mundo, e maior amor ao coração dos homens.” Fernando Pessoa.

Que belo poema. Sem adjectivos para descrever mais.Obrigado por escrever e partilhar.

Enviado por Tópico
Nanda
Publicado: 15/11/2008 19:22  Atualizado: 15/11/2008 19:22
Colaborador
Usuário desde: 14/08/2007
Localidade: Setúbal
Mensagens: 11172
 Re: Aos confins do universo
Lili,
Linda essa viagem da alma aos confins do universo.
Beijinhos doces
Nanda

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 16/11/2008 01:34  Atualizado: 16/11/2008 01:36
 Re: Aos confins do universo
Liliana.

Um pouco de sonho
Um pouco de realidade
vão realizando-se as nossas vontades.

Lindo poema.

(Liliana, nessa foto eu tinha 2 anos)
Beijos

Ulysses


Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 18/11/2008 22:04  Atualizado: 18/11/2008 22:04
 Re: Aos confins do universo
Olá Liliana

Escreves muito bem.
Dá gosto ler-te e a parte final muito espiritualizada!

Beijinhos