https://www.poetris.com/
 
Sonetos : 

Lamentos

 
Tags:  vida    sofrimento    sombra  
 

Meus pensamentos vivem perdidos
Às vezes fico na vida sem ter norte
Considerando a minha falta de sorte
Que passei em dias idos e vividos

Sou com uma sombra da névoa fina
Sou frágil como insetos invertebrados
Que vivem três dias sem ser notados
E morrem como se acaba a neblina

Quando passo na rua ninguém nota
E se me vêem chegam a fazer chacota
Sou quem chora sem saber o porquê

Deus quando neste mundo me jogou
Talvez não estivesse de bom humor
E disse que eu iria muito padecer.

jmd/Maringá, 18.03.09



verde

 
Autor
João Marino Delize
 
Texto
Data
Leituras
503
Favoritos
1
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
9 pontos
1
0
1
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 18/03/2009 15:45  Atualizado: 18/03/2009 15:45
 Re: Lamentos
Ai, que dó!Vou guarda esse soneto pra reler nos dias em que eu estiver morta de pena de mim (e olha que não são poucos!).Identificação total com o segundo quarteto!
Bjins, Betha.