https://www.poetris.com/
 
Acrósticos : 

A vida passa e nós resistimos

 
Tags:  Bessa Monteiro/3  
 
Um sonho!
Se eu tivesse um avião iria visitar-te.
Dar-te as notícias e cobrir-te de beijos...
Esta carta, leva-te os meus desabafos, as minhas emoções. Os meus desejos mais prementes.
Quando chegar a patrulha do Ambrizete, ela seguirá e vai pesada.
Espero também, notícias tuas que terão o condão de me animar. De melhorar o meu estado de espírito.
Imagina que sem gostar de futebol, assisti ao jogo com o meu Pelotão e até vibrei! Os jogadores esses, estavam eufóricos. Empataram.
Este diário, vai tendo nuanças diferentes. A ideia é a de prender mais a tua atenção.
Na maioria das vezes não tenho nada a dizer, mas a vontade de estar contigo é muito grande.
Escrevo enquanto penso em ti.
São assuntos fúteis, mas sinto-me mais perto, repartindo-os contigo.
Esta manhã levantei-me cedo, 7h. Passeei imenso e dei por o tempo ter passado, vendo as 10,30 no meu relógio.
Pensei em mil coisas.
Em nós dois, nos nossos projectos futuros.
Quanta saudade dos teus carinhos.
Dar-te- hei muitos beijos pela vida fora, para te compensar deste afastamento.
A fotografia que me enviaste, transmitia muita tristeza no olhar, mas aquele teu sorriso, maravilhoso, é o mesmo que eu recordo.
Olho as tuas fotografias e lembro os beijos que dei nos teus cabelos, nos teus olhos...
Nessa boca linda e perfumada!
Poderia estar aqui muito tempo recordando momentos e pormenores teus.
Só serve para aumentar mais ainda a saudade de ti.
Lembro-me da tua silhueta, num corpo de menina.
A distância que nos separa é grande, como o nosso amor.

Março de 1963






ÂNGELA LADEIRO

 
Autor
angelaladeiro
 
Texto
Data
Leituras
588
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
1 pontos
1
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
VónyFerreira
Publicado: 02/04/2009 20:38  Atualizado: 02/04/2009 20:38
Membro de honra
Usuário desde: 14/05/2008
Localidade: Leiria
Mensagens: 9702
 Re: A vida passa e nós resistimos
Mais uma comovente e bela carta que nos transmite uma autenticidade tal, que nos toca no mais profundo.
Beijo, Ângela.
É com muita alegria que te vejo por aqui.
Vóny Ferreira