https://www.poetris.com/
 
Acrósticos : 

Meu Sol

 

Minha Estrela do Oriente
Filha minha a vida me deu
Predestinei-te
Para seres alguém
E ficaste tão aquém
Foras sábia
Tua origem saberias
Tua mãe, me sentirias
discernir o Afecto de mãe
É tudo o que alguém tem

Teimas em ser o que não sei
Não distingues quem é quem
Chorarás mais do que ninguém
Sentindo-te orfão,de Mãe

Sirva de Consolo para Ti,
Que te Quero como nínguém
São canseiras dobradas
Origens renegadas


Juve

 
Autor
juvepp
Autor
 
Texto
Data
Leituras
720
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
3 pontos
3
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
MariaSousa
Publicado: 26/05/2007 17:09  Atualizado: 26/05/2007 17:09
Membro de honra
Usuário desde: 03/03/2007
Localidade: Lisboa
Mensagens: 4096
 Re: Meu Sol
Tanta dor e tanto Amor neste poema, Amiga.
Mãe ama mesmo sem limites.

Belo!

Bjs

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 26/05/2007 17:19  Atualizado: 26/05/2007 17:19
 Re: Meu Sol
O nosso sol faz de nós alguém de diferente.
Modifica-nos interiormente, e toda essa estrela é uma complexidade que se conjunta e formula a nossa alma.

Enviado por Tópico
LiaPansy
Publicado: 26/05/2007 18:50  Atualizado: 26/05/2007 18:50
Da casa!
Usuário desde: 21/05/2007
Localidade:
Mensagens: 291
 Re: Meu Sol
A Estrela do Oriente e Mãe, andam de mãos dadas
Uma dá a luz, outra dá o calor!
Amei, beijinhos