https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

Sou assim...

 
Às vezes sou essa,
às vezes não sou,
às vezes, essa e muitas outras.

Por vezes me perco.
Às vezes sou cisne branco,
às vezes patinho feio.

Às vezes felina,
mostro minhas garras.
Outras, sou guerreira, empunho minhas armas.

Às vezes delicada,
exalo cheiro de flor,
Outras vezes exaltada,exponho meus espinhos.

Às vezes sou passado,
às vezes sou presente,
futuro...? Talvez!

Às vezes sou sol e lua ao mesmo tempo,
Às vezes silêncio e som,
Sono e vigília (durmo de olhos bem abertos)!

Não queira ser meu dono!
Não sei viver em cárcere.
Sou andarilho.Não queira controlar meus "passos".

Goste de mim como sou.
Se puder, me cative...
Mas não me imponha limites, nem se limite.

Para que não me perca,
Para que eu te encontre...
Aceite-me do jeito que sou

 
Autor
DI MATOS
Autor
 
Texto
Data
Leituras
962
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
1 pontos
1
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Jey
Publicado: 31/08/2009 04:51  Atualizado: 31/08/2009 04:51
Muito Participativo
Usuário desde: 23/08/2009
Localidade:
Mensagens: 51
 Re: Sou assim...
Somos o que somos, e não de outra maneira. identifiquei-me com teu texto.

Parabéns,

Jey