https://www.poetris.com/
 
Poemas -> Fantasia : 

Trago a Vida p'la mão

 
Tags:  saudade    sol    caminhos    sorte    ocasiões  
 
Trago a Vida p'la mão

Respiro o aroma dos limões
Me harmonizo com a saudade
Entra em desvairadas ocasiões
Mesmo contra minha vontade.

Por isso choro à toa
Digo de mim para mim!?
Tanta sorte se apregoa
Alguma hei-de ter por fim!

Subo e desço meu caminho
Ando com a dor às costas
Mas recriei meu carinho
Não aceito trocas impostas

E nas horas de indecisão
Quando o Sol já se curva
Pego a Vida p'la mão
Mesmo se a vista já se turva.

Volto a cheirar os limões
Sou como burra teimosa!
Saudades?! São divagações!
Esqueço a outra.Agora sou ROSA.

rosafogo

Gabaram-me as quadras, agora elas aí estão.


Na plenitude da felicidade, cada dia é uma vida inteira.
Johann Wolfgang Von Goethe



 
Autor
rosafogo
Autor
 
Texto
Data
Leituras
580
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.