https://www.poetris.com/

 
« 1 (2)
Offline
adilson-Pinto
FLOR DI NHA SER
Plantadu na txon di dificuldadi, Amaradu na bentu di sonhus y isperansa, Enkarseradu na bekus a...
Enviado por adilson-Pinto
em 24/01/2017 11:30:13
Offline
adilson-Pinto
Kretxeu
Kretxeu nha korason sta perdidu, Na imensidon di bu destinu, kubridu na lensol di bu surissu, Pre...
Enviado por adilson-Pinto
em 19/01/2017 12:46:54
Offline
adilson-Pinto
SONETO- AÍ DE MIM!
SONETO – AÍ DE MIM! Aí de mim se pudesse arrancar a solidão do meu peito, E joga-lo contra a co...
Enviado por adilson-Pinto
em 17/01/2017 15:03:34
Offline
adilson-Pinto
Nha Alma
Nha alma Nha alma e grandi Nha alma e jiganti, Lus di sol na nha vida, Sentimentus imortalizadu ...
Enviado por adilson-Pinto
em 12/01/2017 14:47:56
Offline
adilson-Pinto
SEU OLHAR
SEU OLHAR Nao é preciso dizer nada, Se no seu olhar vi tudo, Talvez nao adianta, dizer o que v...
Enviado por adilson-Pinto
em 09/01/2017 09:42:06
Offline
adilson-Pinto
Porquê?
Porquê? Porque a saudade é tanta? Que bate forte nos limítrofes da minha alma, Alma de um silên...
Enviado por adilson-Pinto
em 05/01/2017 14:41:35
Offline
adilson-Pinto
Entri mi ku bo
Entri mi ku bo Entri mi ku bo, Ezisti un amor jenerosu: Batizadu na sol di certesa, Doxi sima me...
Enviado por adilson-Pinto
em 04/01/2017 13:15:33
« 1 (2)