https://www.poetris.com/

 
Textos deste autor
Offline
TrabisDeMentia
Adeus amor
Amor Vou para não mais voltar Adeus Hoje eu me vou sem você Mas não deixe sofrer Quando de mim le...
Enviado por TrabisDeMentia
em 25/08/2006 21:00:00
Textos deste autor
Offline
jorgehumberto
CRISTALINO
Raiam-me os olhos de cristais, o cheiro a terra é intenso, e travo nos lábios, miríades de...
Enviado por jorgehumberto
em 25/08/2006 19:20:48
Textos deste autor
Offline
MJose
Do Ruído dos Pensamentos...
Do Ruído dos Pensamentos… Em brancas noites de insónia, o que mais assusta é o ruído ensurdecedo...
Enviado por MJose
em 25/08/2006 17:34:48
Textos deste autor
Offline
MJose
Da Vida e Seus Mistérios...
É-me indiferente saber de onde venho ou para onde vou, as vidas que já percorri, ou as que ainda ...
Enviado por MJose
em 25/08/2006 15:09:38
Textos deste autor
Offline
JTParreira
A BAILARINA DE FLAMENCO
Ela derrama água nos seus pés quando dança com o vestido em chamas ela põe fora da boca o coraçã...
Enviado por JTParreira
em 25/08/2006 11:41:04
Textos deste autor
Offline
JTParreira
O BEIJO
O beijo percorre as esquinas da face não reconhece aparências como o sol, é cego exaurindo as flo...
Enviado por JTParreira
em 25/08/2006 11:34:18
Textos deste autor
Offline
JTParreira
A NOITE URBANA
Brilham no vento as luzes vigilantes dos candeeiros públicos, fogueiras para as noites húmidas, a...
Enviado por JTParreira
em 25/08/2006 11:30:00
Textos deste autor
Offline
MJose
CASTIGO, PECADO... Ou OUSADIA?
CASTIGO, PECADO... Ou OUSADIA? Será castigo, o sortilégio, que me espartilha o coração? E em dis...
Enviado por MJose
em 25/08/2006 10:04:31
Textos deste autor
Offline
visitante
VÍCIO
Que seja seu vício seu companheiro, Testemunha muda do seu pranto. Seu costume condenável É que t...
Enviado por visitante
em 25/08/2006 02:48:45
Textos deste autor
Offline
TrabisDeMentia
Poema chato
Tem poema chato Que fala e não diz nada A pessoa começa a ler E vê-se logo que não tem jeito nenh...
Enviado por TrabisDeMentia
em 24/08/2006 22:17:23
Textos deste autor
Offline
visitante
um momento
só um momento basta para alegrar a minha vida não preciso tocar-te, não preciso beijar-te, não pr...
Enviado por visitante
em 24/08/2006 21:37:51
Textos deste autor
Offline
MJose
ETERNA PROMETIDA
ETERNA PROMETIDA Na intrépida esteira Desta minha inóspita vida Deitada nos píncaros da lua Qu...
Enviado por MJose
em 24/08/2006 16:10:00
Textos deste autor
Offline
MJose
A DESCOBERTA DO AMOR...
A DESCOBERTA DO AMOR... É urgente, Amar! Urgente, meu Amor, o toque frenético Dos teus dedos m...
Enviado por MJose
em 24/08/2006 15:18:08
Textos deste autor
Offline
TrabisDeMentia
Não sem asas
Não sem asas Nem sem brasas Vieste como vem Quem pede perdão Senti na tua voz Mudas palavras Vind...
Enviado por TrabisDeMentia
em 24/08/2006 00:31:25
Textos deste autor
Offline
TrabisDeMentia
Corrompido
Não estou corrompido pela paixão, cíume ou cegueira Estou corrompido pelo amor Todo eu, corpo e a...
Enviado por TrabisDeMentia
em 23/08/2006 16:37:45
Textos deste autor
Offline
TrabisDeMentia
Te esqueci
Te esqueci Mas como posso dizer que esqueci Algo de que não me lembro? Se esqueci não deveria a ...
Enviado por TrabisDeMentia
em 22/08/2006 22:20:00
Textos deste autor
Offline
JTParreira
UM RIO CHAMADO TRISTEZA
Na margem sentado, molho os pés na tristeza as águas turvam o meu reflexo -eu estampado na seda...
Enviado por JTParreira
em 22/08/2006 21:34:18
Textos deste autor
Offline
JTParreira
ESPELHOS
Espelhos Devo aos espelhos a perturbação do meu rosto, cada dia se multiplicam os anos. É domin...
Enviado por JTParreira
em 22/08/2006 20:33:37
Textos deste autor
Offline
JTParreira
CASA EM CONSTRUÇÃO
A casa espera Luiza Neto Jorge Os olhos seguem o tijolo no alçar dos tectos hastearam paredes,...
Enviado por JTParreira
em 22/08/2006 20:31:00
Textos deste autor
Offline
InSaNnA
Desejos,meus..
Quero alcançar-te,por todos os meus sentidos, Poder sentir teus sentimentos vivos,por mim... Mesm...
Enviado por InSaNnA
em 22/08/2006 19:51:45