https://www.poetris.com/

 
« 1 2 (3) 4 5 »
Offline
laudy
Lissandro... Recordações de ti
Ando perdidamente pelas avenidas de mim, banho-me em momentos de ti, choro pelo tempo que sofri, ...
Enviado por laudy
em 30/04/2012 07:10:40
Offline
laudy
Escrever é meu vício
escrever é meu vício meu eterno delírio meu estado de espírito a forma que vivo; escrever é meu ...
Enviado por laudy
em 30/04/2012 07:09:20
Offline
laudy
Imploro um novo começo
Oh vida! vida por mim vivida nessa avenida, ora sofrida, outras só alegria. Te imploro um novo co...
Enviado por laudy
em 30/04/2012 07:07:09
Offline
laudy
O que fizestes com o resto?
Onde puseste o resto, o resto restado o resto do passado; Em que rosto plantaste nosso resto res...
Enviado por laudy
em 29/04/2012 18:57:12
Offline
laudy
No fundo sinto saudades
No fundo sinto saudades das poucas pontes do lixo aos montes da dor dos pobres sinto falta, da mi...
Enviado por laudy
em 29/04/2012 18:53:24
Offline
laudy
Sou estúpido...Hoje ainda te amo
Hoje quase me afoga o nó na garganta que a muito tento conter, sem êxito me sinto obrigado a fala...
Enviado por laudy
em 29/04/2012 18:50:51
Offline
laudy
Meu Poeta
sou poeta itinerante vou, vou e vou e mesmo sem saber pra onde vou e espalho meu poema, não me i...
Enviado por laudy
em 28/04/2012 23:03:10
Offline
laudy
No auge da loucura
não somos mais nós é alguém em nossa foz perde-se o pudor ama-se a dor o delírio conforta a vonta...
Enviado por laudy
em 28/04/2012 21:47:43
Offline
laudy
Gostaria mesmo
gostaria de escrever um poema que te viesse a convencer, gostaria de contar uma história que desp...
Enviado por laudy
em 28/04/2012 21:31:58
Offline
laudy
Saudades do passado
que saudades dos nossos beijos lembranças dos gritos dos amassos Ai! como me banho em desejos Sau...
Enviado por laudy
em 28/04/2012 01:15:27
Offline
laudy
Catinga perfumada
minha corpulência preencheu-se de catinga quando minha consciência sentiu-te antiga; cheiro a de...
Enviado por laudy
em 28/04/2012 01:05:42
Offline
laudy
O que estamos fazendo?
Onde estão os olhos da humanidade para lutar contra essa maldade; onde estão os que clamavam muda...
Enviado por laudy
em 28/04/2012 00:53:15
Offline
laudy
Sou a prostituição!
sou um começo, sem fim aparente, sou quem mais caminha pra frente, com ou sem crise, estou sempre...
Enviado por laudy
em 26/04/2012 22:53:20
Offline
laudy
Nada será igual e ninguém será você
Nenhuma outra fotografia apagará a imagem da antiga; Nenhum poema novo afogará o nosso; Nenhum o...
Enviado por laudy
em 26/04/2012 01:41:42
Offline
laudy
Sem título
começou no meio da história... Já me sinto apaixonada, já me entreguei toda, vivo um dos poucos m...
Enviado por laudy
em 25/04/2012 23:26:28
Offline
laudy
Oh, Tempo!
Oh, tempo duro tempo dê-me tempo mude meu tempo enquanto é tempo não mate meu tempo nem lhe entre...
Enviado por laudy
em 25/04/2012 03:34:33
Offline
laudy
Uma carta à morte
Querida morte, talvez aches estranho receber uma carta num dia como hoje. Pleno verão, sol, praia...
Enviado por laudy
em 25/04/2012 03:17:50
Offline
laudy
O que é namoro hoje?
Não é nada mais do que uma colecção de pessoas que achamos lindas e gostosas, mas que no fundo nã...
Enviado por laudy
em 25/04/2012 00:49:49
Offline
laudy
Realidade social
Como a sociedade pode ser tão desigual como ela pode viver sobre tanto mal cruzar os braços peran...
Enviado por laudy
em 24/04/2012 06:18:02
Offline
laudy
Passagens erradas
compramos as passagens na sala ao roubar-mo-nos aqueles olhares que demonstravam desejo, seguimos...
Enviado por laudy
em 24/04/2012 05:49:03
« 1 2 (3) 4 5 »