https://www.poetris.com/

 
(1) 2 »
Offline
Chiara
enquanto o mundo dá
voltas com cara de cachorro que caiu da mudança. não há aplausos novos nem nada que justifique o ...
Enviado por Chiara
em 05/11/2011 16:24:02
Offline
Chiara
quase liberdade
lembro de você como quem perdeu a hora: com pressa e sem olhar para trás. essa clareza rouca ain...
Enviado por Chiara
em 05/11/2011 16:11:33
Offline
Chiara
como ela
isso me faz vomitar: as mãos crispadas, a ladainha de joelhos, o olhar imaculado, a salvação paga...
Enviado por Chiara
em 05/11/2011 15:54:00
Offline
Chiara
invisibilidade
sou algo invisível, amorfo, sem definição, sem fonte. um nada que incomoda com fé. sou o homem e...
Enviado por Chiara
em 05/11/2011 01:48:45
Offline
Chiara
poema
é claro que isso deve ter um nome, uma data para vencer assim como as coisas tolas e inúteis que ...
Enviado por Chiara
em 05/11/2011 01:41:02
Offline
Chiara
Enviado por Chiara
em 20/10/2011 02:56:33
Offline
Chiara
colocando fogo na chuva
isso é isso :coisas rápidas, um algo entre nós dois sem muito, sem e sem. sair daqui é apagar o ...
Enviado por Chiara
em 20/10/2011 02:31:04
Offline
Chiara
Para Gê Muniz
Posso morrer bem agora quase na hora do chá das seis. Posso morrer com tanta gratidão, com tanta ...
Enviado por Chiara
em 17/04/2011 21:58:17
Offline
Chiara
anátema
quando fui excomungada, vi apenas a estrela: essa desenhada na minha testa. essa que ninguém pode...
Enviado por Chiara
em 06/03/2011 02:48:25
Offline
Chiara
apenas para os íntimos
me multiplico na minha divisão. me diminuo na minha adição. a soma dos erros é matematicamente e...
Enviado por Chiara
em 06/03/2011 02:34:11
Offline
Chiara
poema enquanto durmo
é verdade: o amor é uma roupa pelo avesso. linhas infinitas sem arremate e eternidade. é verdad...
Enviado por Chiara
em 06/03/2011 02:26:59
Offline
Chiara
assim é
daqui leva-se as palavras calcadas na imaginação, o recado velado, eros atirando na terceira dim...
Enviado por Chiara
em 05/12/2010 19:58:48
Offline
Chiara
in a lifetime
quando você morreu, eu morri. chovia. esperei e esperei. chorei deitada em cima de ti, no gramado...
Enviado por Chiara
em 05/12/2010 19:32:03
Offline
Chiara
naquilo que não tive
lutei contigo, lutei comigo cansei. agarrei a poesia como tábua de salvação, essa mesma poesia q...
Enviado por Chiara
em 05/12/2010 18:51:14
Offline
Chiara
poesia dos ventos
se perguntares o que ela sente por ele, te direi que ela se perdeu, se perguntares o que ela viu ...
Enviado por Chiara
em 04/12/2010 19:31:59
Offline
Chiara
essas (mal)ditas mulheres
a donzela não saber ser donzela mesmo bela. a donzela nunca foi donzela. já nasceu sem grandes op...
Enviado por Chiara
em 04/12/2010 18:36:16
Offline
Chiara
conjunção apassivadora
se eu pudesse dilatar-me e sentir-me infinita, se eu pudesse ser um amor-perfeito entreaberto, se...
Enviado por Chiara
em 04/12/2010 18:17:13
Offline
Chiara
eu sou eu mesma
eu sou eu mesma e você já sabia. que falta de coração não prestigiar a minha pobre poesia. tem ...
Enviado por Chiara
em 03/12/2010 17:40:25
Offline
Chiara
eu não mereço um santo
quando e quem onde e por que alguém fale ai o que vi em você deve ser o seu alguma coisa que i...
Enviado por Chiara
em 03/12/2010 17:34:59
Offline
Chiara
isso
isso é apenas isso e não passa disso. Isso é nada. nada nada o príncipe e um sapo. a bela contin...
Enviado por Chiara
em 03/12/2010 17:26:25
(1) 2 »