https://www.poetris.com/

 
Offline
spencermonteiro
Ka tem luz
Ka tem luz sukuru fitxadu Nem pa Palu, nem pa Manuela Fogon na panela ... n sendi vela Ka tem ...
Enviado por spencermonteiro
em 16/11/2011 19:14:00
Offline
spencermonteiro
Djuntadu
Nu djunta dos, nu bira um; Dos alma, um kretxeu Pamodi dos ka mas ki um; Si na dos vontadi...
Enviado por spencermonteiro
em 16/11/2011 17:23:14
Offline
spencermonteiro
Amar
Como pode a alma que ama Amar sem ver a alma? Como pode quem o louco ama Amar sem ser loucura? ...
Enviado por spencermonteiro
em 14/11/2011 19:00:21
Offline
spencermonteiro
Impasse
Ter-te-ei no sussurro do teu silencio Se ao partir, num adeus me levares Ter-te-ei na co...
Enviado por spencermonteiro
em 14/11/2011 18:59:11
Offline
spencermonteiro
Deus e a sábia loucura
A loucura do sábio é buscar-te na razão A razão do louco é encontrar-te no saber Cego o sá...
Enviado por spencermonteiro
em 12/11/2011 14:44:21
Offline
spencermonteiro
Amor traiçoeiro
Enganos descarados, enganos enganados Na cobra traiçoeira, envolto sereno Abraça-me o amor, e ...
Enviado por spencermonteiro
em 12/11/2011 14:35:08
Offline
spencermonteiro
Cochabamba
Cochabamba, terra galante Longe me tens da minha amada Só a ti tenho como amante Nesta dura ca...
Enviado por spencermonteiro
em 12/11/2011 14:32:05
Offline
spencermonteiro
Navegante
Vela, veleja oh navegante Não temas o mar nem coisa vil Embala o vento com estorias mil Nos ma...
Enviado por spencermonteiro
em 11/11/2011 21:32:56
Offline
spencermonteiro
Temo a vida e não a morte
Temo a vida e não a morte Se na cova o descanso E na vida eterno pranto Temo a lida e não a so...
Enviado por spencermonteiro
em 11/11/2011 21:29:55
Offline
spencermonteiro
O Tempo
Tempo que passa, tempo que se esquece O coração que brama, e no meu peito enlouquece Tempo q...
Enviado por spencermonteiro
em 11/11/2011 21:27:39