https://www.poetris.com/

Poemas de amor

Seleção dos poemas, frases e mensagens mais populares da categoria poemas de amor

A mulher mais linda do mundo [1]

 
A mulher mais linda do mundo  [1]
 
 
Ti observo todos os dias
Meus olhos são somente para você
É meu coração quem ti quer
Você ilumina a minha vida
São palavras de amor expressadas por muito te amar

Você é extrema, em forma de estrela
A mulher mais linda do mundo
De o céu você surgir uma linda mulher toda brilhar
Acordo todos os dias com vontade de te beijar
Nunca querida irei ti esquecer, deixa-me te desejar
Para mim você é tudo

Nossos sentimentos são sentido pelo silêncio de nossas peles
Aqueles sentires sensuais, sensíveis
Com você momentos inesquecíveis
Eu te amo, eu te quero, te venero
Casa comigo, seremos felizes para sempre
Cada hora, cada segundo, instantes notáveis
O nosso amor são sentimentos memoráveis

Autor: martims
JOSÉ CARLOS RIBEIRO
06/06.2014
 
A mulher mais linda do mundo  [1]

OS OLHARES SE CRUZAM 💕

 
OS OLHARES  SE CRUZAM 💕
 
Olhares se cruzam, corpos se abraçam
Soltam gemidos, lançam sorrisos
Corpos unidos que as escuras se encontram

Deleitam-se num iluminado amanhecer
Turbilhão de emoções dentro da paixão
Letras incendiadas de sublimes momentos

Sonhos vazios que às escuras encontro
Ondulação amálgama nos pensamentos
Jasmim transparente perfumado no quarto

Sublime lençol de cetim à porta do atrevimento
Olhares que se cruzam inebriados de prazer
Corpos que se abraçam num livre sentimento

Luminoso sonho entre as rosas floridas
Solta o pejo nas pétalas levadas pelo vento
Num amor sentido nas palavras não ditas

Ama-se com força nos olhares que se cruzam
💕

Amar é um poema
Ser amado é um verso
Sentir paixão é um soneto
E juntos são poesia

💕💕

Isabel Morais Ribeiro Fonseca
 
OS OLHARES  SE CRUZAM 💕

Desenhei seu amor em meu coração

 
Desenhei seu amor em meu coração
 
Numa bela noite, que as águas se abrandam com as marés.
Mar de tua boca que brilha com o por do sol
Fusos que vem daquele náutico aflorando a beleza do cais
Decifra nossos dias, sombras vindo das pedras
Refletindo aquele belo azul dos teus olhos
Causando nossos beijos

Segredos em teu olhar, aquela percepção
Perolas que flutuam quando se tocamos
Pétalas vivas que se serenam dos Alpes
Gotículas que pingam em nossos momentos de amor
Que se indagam em nossas almas.

Sentido que se faz silêncio perante tua pele
Nesse seu oceano quero navegar em tuas ondas te amar
Com as tintas dos teus lábios beijado por minha boca.
Desenhei seu amor em meu coração
Desliza pelo teu corpo, os lacto dos prazerosos ensejos
Refletindo a nevoas de nossos desejos

Autor: martisns
JOSÉ CARLOS RIBEIRO
1.07.2015
 
Desenhei seu amor em meu coração

Desdobram-se nos núcleos as direções que se asseiam do nosso amor

 
Desdobram-se nos núcleos  as direções que se asseiam do nosso amor
 
Te amo de um jeito louco, paixão que grita dentro de nós
Venha empresta o teu corpo para eu abraça-la com amor
Já não há as mesmas coisas em nossas saudades, sempre mais

Todas as luzes se perdem numa claridade atenua de tua pele
Sentimentos acionam a fogosidade presentes em nós
Instantes se tocamos, nossas almas se deliram quando se amamos

Desdobram-se nos núcleos as direções
Que se asseiam do nosso amor
Os desejos vem das colinas de nossas excitações
Falo coisa em nos teus ouvidos
Gozamos em gemidos

Autor: martisns
José Carlos Ribeiro
06.11.2015

Imagens google

http://s.glbimg.com/et/nv/f/original/2011/02/22/130-07_ok.jpg[/color]

http://www.bolsademulher.com/files/20 ... rtindo-transa-650x350.jpg
 
Desdobram-se nos núcleos  as direções que se asseiam do nosso amor

Lábios que choram a ausência de nossos beijos

 
Lábios que choram a ausência de nossos beijos
 
 
Naquele oceano, onde o azul se prolifera no infinito.
Um silêncio que se perde nos encantos do amanhecer
A procura dos instantes que se perdeu dos momentos
Uma sintonia que nos chamam

Beijos molhados, seduzidos pela paixão
Ficou a ternura pelas faces da solidão
Algos que se resguardam regando-se no entristecer.
Flores que tecem de uma essência intocável

Lágrimas que procuram os leitos da saudade
Lábios que choram a ausência de nossos beijos
Um viver que compõem nossas almas
Na essência desse nosso lindo amor

Imagens google

Autor martisns
JOSÉ CARLOS RIBEIRO
27.08.2014
 
Lábios que choram a ausência de nossos beijos

Diz-me amor que me amas 💘

 
Diz-me amor que me amas 💘
 
Diz-me amor que me amas
Que sou a tua amada querida
Conta-me no teu leito um desejo
Desejo esse que sentes de mim

Deixa-me aninhar no teu peito
Arranca a dor que se instalou
Na minha alma, no meu coração
Tira-me deste pântano enlameado

Em que me encontro nesta vida
Dá-me amor, a frescura do teu peito
Embriaga-me de ti com ternura
Grita bem alto para que te possa ouvir

Mostra-me a luz que tanto procuro
Salva-me de mim onde me afundo
Nestas quimeras de agonias sem fé
Arranca-me do lamaçal desta vida

Conta-me um conto de esperança
Que eu preciso desse teu sentimental amor
Para que com carinho me queimar em ti.
💘

💖
Isabel Morais Ribeiro Fonseca
 
Diz-me amor que me amas 💘

Um olhar de amor

 
Um olhar de amor
 
Noite que se cala com o silêncio
Uma neblina que se predomina, suavem ventom que nos tocam
Estrelam brilham, lindo e belo anoitecer
Aqueles belos momentos de nossas vidas, juntos passamos
Se apaixonamos

Seus desejos em meus beijos
Toques suaves de carinhos enaltecendo o nosso amor
Os atos tomam as ações
Se encontramos em nossos corações

Quero olhar dentro dos teus olhos
Alcançar-lhe alem de seu olhar
Um olhar de amor que inspira você
Sua vida é o meu ser
Eu te amo
Linda mulher você é o meu prazer de viver

Autor: martisns
JOSÉ CARLOS RIBEIRO
31.01.2016

Imagens google

http://www.glam4you.com/wp-content/uploads/2012/10/LIVRO2.jpg
 
Um olhar de amor

"Nos teu dedos" Poema escrito e declamado por: Vóny Ferreira

 
 
 
"Nos teu dedos"   Poema escrito e declamado por: Vóny Ferreira

♥"DIGO-TE MEU AMOR" ♥♥🌼

 
♥"DIGO-TE MEU AMOR" ♥♥🌼
 
Meu amor digo-te esta noite
Dá-me o teu corpo, a tua alma
Que eu nele escreverei
Com o toque suave dos meus dedos
Sem medos, murmúrios, gemidos
Eu te direi todos os meus segredos
Derramarei na tua pele
O vinho perfumado dos deuses
Dela farei o meu agasalho
A madrugada romperá de delírios
Que a minha poesia
Ficará imortal no teu corpo
Para sempre meu amor
Nesta noite de lua nova.

ღღ🌼

♥ღ🌼
Isabel Morais Ribeiro Fonseca
 
♥"DIGO-TE MEU AMOR" ♥♥🌼

Flutuam-se os encantos onde os ventos se silênciam no amor

 
Flutuam-se os encantos onde os ventos se silênciam no amor
 
 
Nas margens dos sentimentos habitam flâmulas
Que enaltecem esse doce nascer
Encontrando o destino que se levam pelas essências
Dedilhando o silêncio do prazer.
Olhos de poemas, inspiração de amor
Do planto dos atos que se conduzem

Nos sentimentos, aquele segredo que esta em nosso olhar
Onde os enigmas são as sombras
Momentos que se apropriam da verdade
Onde os instantes se cala
Palavras que se manifestam em gestos

Uma saudade que dorme em nossos seios
Flutuam-se os encantos, onde os ventos se silênciam no amor
Tocando nossos lábios que se beijam
Minha encantadora paixão, linda flor

Autor: martisns
05.08.2014
 
Flutuam-se os encantos onde os ventos se silênciam no amor

Gritei amor ....Tentei gritar o teu nome. 💕

 
Gritei amor ....Tentei gritar o teu nome.  💕
 
O desejo cresce inseguramente na confusão da carne
Sem palavras, sem gestos com gosto a sangue e a carne
Na sombra e na calada da noite cresce o crepúsculo de um espelho

Na janela do quarto voa uma cortina de seda
Quando a noite destaca-se sente-se a carne que tem o travo
Da saliva, saliva sabe a carne desejada

Não existe o mundo lá fora só os nossos corpos
Genuínos e inalteráveis os gemidos de paixão e amor
Que corre como águas para os rios

Paz exterior das folhas que dormem no silêncio
na hora da posse quando a força de vontade ressuscita
Dentro de nossas almas ilumina-se

Com a luz da palavra despedida cresce tomando tudo
no teu regaço deitados nas noites, à luz das trevas
Gritei amor tentei gritar o teu nome

Para esquecer-me de ti sei lá porquê, não perguntes
Agora ouve, ouve meu amor, o meu fôlego
A chamar-te, a gritar por ti sente meu amor

Sente o meu silêncio a beijar-te não vás que o lume
Acabou de acender para nos devorar no escuro
Onde seremos eternos amantes como a alcateia dos lobos

Que a nosso lado pernoitam meu amor

🌹💕

🌹💕
Isabel Morais Ribeiro Fonseca
 
Gritei amor ....Tentei gritar o teu nome.  💕

Beijos cor de pétalas que se faz nas faces de nossas bocas

 
 Beijos cor de pétalas  que se faz nas faces de nossas bocas
 
Nasce os algo plantado, que se descobrem no depois

Beijo cor de pétalas que se faz nas faces de nossas bocas

A saudade no rio de nossos lábios nos leitos dos seios

Fundem os mantos das flores que passeiam pelas ruas dos jardins de nossos olhos

Terras que se adubam com as lágrimas que os olhos choram

Segundos que se misturam com os minutos

Acontecendo os momentos onde os ponteiros passam

Olhar da noite que vem com os ventos, descendo pelas madrugadas, nos cantáveis amanheceres

Tintas que pintam os vitrais da vida, trazidas as cores pelos pincéis.

Ventos que se sopram, se despedindo do cais.

Ondas atrevidas que se quebram sobre o nosso oceano de amor

Somos viciado um no outro, somos lábios e bocas que se beijam apaixonadamente de maneiras loucas

Autor: martisns
JOSÉ CARLOS RIBEIRO
10.10.2014

https://www.youtube.com/watch?v=SkHA6Y55kh8&feature=player_embedded
 
 Beijos cor de pétalas  que se faz nas faces de nossas bocas

Se tu soubesses

 
Se tu soubesses

Se tu soubesses meu bem
quanto eu gosto de ti.
Guardei-te no coração
porque uma ternura assim
acho que nunca senti.
Mesmo que o teu ardor
por mim, não seja igual
dá o teu a quem quiseres,
nem por isso eu deixarei
de te querer bem, afinal.
Enraizado no meu âmago
não vale a pena lutar
seria uma luta injusta
fazer-te este pedido
se me pudesses amar!
Seres o Sol da minha vida
seres a Lua feiticeira
ficar nas nuvens pairando
sem medo dos altos voos
ó, poesia fagueira
pois tenho de confessar,
nunca estás longe de mim
dou por ti, suspiros e ais
e noitadas de prazer
só por te amar tanto, assim.
 
Se tu soubesses

Quando me olhas assim

 
Quando me olhas assim

Eu sorrio ao ver tanta ternura a espelhar-se
no teu rosto, de olhos amendoados, luminosos
perscrutando o que os meus, meigos, mas vivos
cheios de ardor te respondem sempre ansiosos.

Mergulho neles indo mesmo ao fundo, afogo-me
falta-me o ar o coração bate em grande arritmia.
Uns braços fortes, enlaçam-me, apertam, aspiro
abro os olhos e encontro os teus a boca tremia.

A barba roça e arranha a minha face esbraseada
sinto o despertar e a vontade de te afagar também
as mãos entrelaçam, as bocas unem-se, num nada.

Vivemos aquele momento de amor, sem restrição
sentimos que aquela loucura era um enorme ensejo,
o mundo, éramos só os dois e a nossa grande paixão.
 
Quando me olhas assim

A Luz Da Minha Vida

 
A Luz Da Minha Vida

Amor
apenas sei
escrever(te)
com dez estrelas
nas minhas mãos ...
mas há uma constelação
encravada na galáxia
destes meus dedos
sem luz ...

Luiz Sommerville Junior, 19 Outubro 2014, 22:12
 
A Luz Da Minha Vida

Flores que nascem de tua boca ao beijar-te

 
Flores que nascem de tua boca ao  beijar-te
 
Sou aquele beija flor quer seus beijos
Se deliciar do néctar de tua boca
Flores que nascem de tua boca ao beijar-te
olhos que me olham docemente
Algo querendo me revelar
Nuances ondulados pelas estrelas
Que azulastes os manguezais
Sinto a suavidade que vem de você
Sua paixão me cobre de carinho
Momentos idealizadas por sentimentos
A saudade faz cada vez mais esse amor crescer dentro de nós
Sentidos que se ionizam dentro de nós
Olhar tocado pelos sentidos apaixonados
Lindo oceano de amor

Autor: martims
JOSÉ CARLOS RIBEIRO
18.03.2015

https://www.youtube.com/watch?v=Xqd88w ... feature=player_detailpage



https://www.youtube.com/watch?feature= ... _detailpage&v=hYgJAN1Ol5g
 
Flores que nascem de tua boca ao  beijar-te

Quero estar com você dentro das flores te amando

 
Quero estar com você dentro das flores te amando
 
Voam das colinas dos teus olhos, indo para o infinito, algo

Uma infinita beleza que magia com as Marcellas de nosso olhos

Sombras dos momentos entrando pelas penumbras quando se olhamos

Sobe dos campos aquela branco inebriante em direção as nuvens

Átomos anuvieis que nascem dos serenos, molhando nossas almas

Tocam dos espíritos aqueles sentimentos que mexem com os sentidos

Rosas dos teus lábios por minha boca beijada, doce amada

Sinto você, quando me tocas fico anestesiado

Quanto mais o tempo passa, mais amor eu sinto, a vivenciando

Quero estar com você dentro das flores te amando

Autor: martisns
José Carlos Ribeiro
02/08/2016
 
Quero estar com você dentro das flores te amando

Uma noite de amor ó parto🦋 💕

 
Uma noite de amor ó parto🦋 💕
 
Uma noite de amor onde as dores de parto
São desejos que dão à luz uma bela noite em flor
Intenso desejo em poder parir

Um forte sentimento teu
Desejos cosidos de mim
Na emoção desta quente noite

Desfolho-te meu amor
Como uma folha de papel desbotada
Seda branca, sem importância

Coberta de lantejoulas
O amor deixou um rastro impresso
Na nossa pele
Onde escrevi todas as letras do teu nome

As nuvens abriram sobre mim
A minha raiva ressonava na ira dos céus
Deixei-me conduzir pelo aroma do teu corpo

Silenciaste a minha dor com beijos
O céu abriu-se sobre mim
Agora desfolho-te meu amor com caricias

💕👒🌹

💕👒🌹
Isabel Morais Ribeiro Fonseca
 
Uma noite de amor ó parto🦋 💕

Um dia seremos poema

 
Um dia seremos poema
 
 
Sigo esse eco que me leva até teus lábios
Versos de sua boca que beija os lábios da minhas poesias
Sensações que se insere nesse nosso prazeroso beijo
As estrelas acompanham com seus brilhos esse doce prazer
No azul do céu, lindo colorido do anoitecer.
Seu olhar me coloca perante os seus olhos

Quero seus beijos sufocando minha boca
Enlouquecendo-me
Você é como as flores, sempre sorrindo, em si não há dores.
Luzes que se vislumbram
Seu clarear encanta nossos momentos

Raízes que nascem em nossos corações
Encontros das palavras de amor em emoções
Sonhos, se beijamos numa linda manhã serena
Lívidos de nossas paixões plena
Se amamos! Um dia seremos poema

Autor: martims
JOSÉ CARLOS RIBEIRO
02.02.2015



https://www.youtube.com/watch?feature= ... _detailpage&v=46rOV2RskwY
 
Um dia seremos poema

Quando a chuva Cai!

 
 
Aguente firme
na incógnita
sombra infinita,
Aguente firme.
Afinal quem sou eu?
Alguém que imita a chuva?
Alguém que pinga como a chuva?
Ou sou toda a chuva que cai?

Quando a chuva cai inspira
a sombra que há em mim,
Um pseudónimo que espira
Quando a chuva cai.

O pó assentou absoluto
Porem quando a chuva cai
Leva todo pó de devoluto.

Quando a chuva cai,
rega tudo onde vai,
Até molha a vontade
De cantar na cidade
Por o desejo que tem
de correr pelos teus lábios.

Quando a chuva cai,
Cai limpidamente
E sentimentalmente, ela cai
próxima da alma tua!

Quando a chuva cai
Cai, caidinha por ti:
Pecado que tanto amo
Choro meio mar só por ti.

Quandoachuvacai-A.C.O.R
 
Quando a chuva Cai!