https://www.poetris.com/

 
Offline
Absalao
~7~
eis a concha da insónia destilando o cansaço das ruas uma mão vazia cheia de vozes e muralhas d...
Enviado por Absalao
em 03/11/2021 07:27:58
Offline
Absalao
~6~
o poema nasce das mãos das formigas que lavram a gramática dos ciclones na ossatura de um embrião...
Enviado por Absalao
em 01/11/2021 07:28:07
Offline
Absalao
~5~
antes que a chuva beba os rios antes que polvos lavrem nuvens no útero de deus antes que o sol ...
Enviado por Absalao
em 29/10/2021 21:03:06
Offline
Absalao
~4~
embarco na nervura desta inominável e grávida palavra com estes olhos de pétala bebo o mel ant...
Enviado por Absalao
em 28/10/2021 10:40:30
Offline
Absalao
~3~
cinza que antecede o fogo aceno abstracto lua sem asas (silêncio)
Enviado por Absalao
em 26/10/2021 15:35:17
Offline
Absalao
~2~
o invisível espelha-se na via láctea espalha-se na voz da mão volátil que lacrimeja fonemas reb...
Enviado por Absalao
em 25/10/2021 10:55:53
Offline
Absalao
~1~
gémea da água águia e meia luz oblíqua estampada no relevo da infância metáfora na carne do t...
Enviado por Absalao
em 24/10/2021 14:50:58
Offline
Absalao
~Metamorfose~
Ó meu senhor: essas pétalas exuberantes essas pétalas singelas mães do brilho sedutor donas do ...
Enviado por Absalao
em 18/05/2017 15:41:30