https://www.poetris.com/

 
Offline
Brendda Neves
Poesia não mata a fome...
O poeta vive com a cabeça nas nuvens Num mundo mais imaginário do que real, Pois a realidade que ...
Enviado por Brendda Neves
em 01/07/2021 19:36:46
Offline
Brendda Neves
Poema do fim dos tempos
Se vejo bem os sinais do fim dos tempos Se ouço bem as trombetas que anunciam o fim Será este tam...
Enviado por Brendda Neves
em 01/07/2021 19:36:02
Offline
Brendda Neves
Ladainha da Corrupção
Dizem que Deus é brasileiro, Então clamo a Ele por esta nação! Brasil cheio de corrupção Brasil c...
Enviado por Brendda Neves
em 01/07/2021 19:35:07
Offline
Brendda Neves
Corcel negro
Corcel negro No lago de teus olhos negros Encontro a poesia de meus delírios! Wandas... Acácias...
Enviado por Brendda Neves
em 03/12/2020 02:14:07
Offline
Brendda Neves
Domingo com minha mãe e Bukowski
Domingo com minha mãe e Bukowski Ainda posso sentir a dor do pé torcido Fiz do velho sofá meu le...
Enviado por Brendda Neves
em 22/08/2012 00:18:27
Offline
Brendda Neves
haicai não tem título
Cai da estrela cadente do caledoscópio gota de chá mate amargo
Enviado por Brendda Neves
em 19/08/2012 11:31:33
Offline
Brendda Neves
Haicai primaveril
Meu coração febril Abandonado no bosque! Asas de um beija-flor Brendda Neves
Enviado por Brendda Neves
em 08/08/2012 11:13:01
Offline
Brendda Neves
Itapoã
Itapoã Itapoã da velha vila Lembra-me Jobim Com seu mar verde azulado Esqueço-me das horas do fi...
Enviado por Brendda Neves
em 20/07/2012 19:25:30
Offline
Brendda Neves
Chamas
Chamas Em direção ao último voo Nao restou o nosso adeus Nas asas da paixão pensamos ser deus C...
Enviado por Brendda Neves
em 14/06/2012 23:09:58
Offline
Brendda Neves
Amor branco suave
Amor branco suave As lâminas de sol refletem na pele nua Anunciam a hora de partir Entrelaçados...
Enviado por Brendda Neves
em 14/06/2012 22:56:46
Offline
Brendda Neves
Adeus, verão
outono invade sem sono dente-de-leao https://www.instagram.com/coraverblue
Enviado por Brendda Neves
em 05/04/2012 04:43:39
Offline
Brendda Neves
Humanidade desumana - Brendda Neves
Humanidade desumana 15-03-2012 Sinais de fogo chegam de Brasília A chama também acesa em Linha...
Enviado por Brendda Neves
em 03/04/2012 21:40:08
Offline
Brendda Neves
Verso Reverso
Vice-versa versejo Verso e reverso o desejo! Abaixo o verbalismo: O vandalismo de ‘ficar’... Amor...
Enviado por Brendda Neves
em 07/02/2012 19:46:51
Offline
Brendda Neves
Poesia
Poesia Único porto de silêncio e calmaria... Nela encontro respostas Para as inquietações de meu...
Enviado por Brendda Neves
em 31/01/2012 23:46:17
Offline
Brendda Neves
O amor é um tesouro
O amor é um tesouro que muitas vezes só tem o seu valor reconhecido quando o perdemos. Brendda Neves
Enviado por Brendda Neves
em 10/01/2012 05:27:26