https://www.poetris.com/

 
(1) 2 3 4 ... 6 »
Offline
Ramgad
Retalhos de saudades
Dancei na poeira do dia acinzentado e deitei-me nas vestes claras do infinito. Brinquei com os ...
Enviado por Ramgad
em 01/07/2015 15:46:52
Offline
Ramgad
Presença
Meu amor Minha voz rouca cala-se. Saliva doce perfume exala. Boca, olhos, tudo seduz. Nos sons ...
Enviado por Ramgad
em 06/02/2015 15:52:34
Offline
Ramgad
Um novo dia
Amanhã, secam-se as lágrimas doces nos jardins pálidos, rabiscando pancake. Amanhã, o sol dos ...
Enviado por Ramgad
em 15/09/2014 04:07:23
Offline
Ramgad
Vinho
. Não brindamos o amor. Bebemos das lágrimas salgadas de despedida. Abraço implorado, retido a mi...
Enviado por Ramgad
em 25/06/2014 18:16:52
Offline
Ramgad
Noite
Escuro fecham-se janelas. E os corpos nus na noite procuram-se, aranhas tecendo teias emaranham-...
Enviado por Ramgad
em 17/02/2014 16:20:39
Offline
Ramgad
Conversa ao I-phone
Na cama lençóis de malha. Ansiedade... Filme transcorre véus da libido. Revista, jornais, pa...
Enviado por Ramgad
em 29/05/2013 18:50:37
Offline
Ramgad
Banho de arco-íris
Acordei mais cedo, o dia apagado anunciava que o sol estaria em repouso por tempo indeterminado....
Enviado por Ramgad
em 27/05/2013 17:38:35
Offline
Ramgad
Saltos
O salto é música lenta, rock, samba. Sinos tilintam dos saltos. Gritam, cantam, choram, emudece...
Enviado por Ramgad
em 05/09/2012 15:22:13
Offline
Ramgad
Pó de pirlimpimpim
E a lágrima não exteriorizou ocultou-se na alma um punhal. Passeou nas entranhas tornou-me miú...
Enviado por Ramgad
em 08/08/2012 14:33:11
Offline
Ramgad
Simplicidade e favela
Na favela flui beleza, gente trabalhadora. Moça cantarolando, namorados e ladeira. Tem manicure...
Enviado por Ramgad
em 28/07/2012 03:06:16
Offline
Ramgad
Palavras
Chuva de desejos escorrem-me pelo corpo. Gotículas acariciam rios em ebulição. Nas entrelinhas v...
Enviado por Ramgad
em 10/07/2012 17:52:01
Offline
Ramgad
Poeminha
Choro e espero. Nesta estrada poeira , folhas e flores da minha libido. Os sonhos rasgados deix...
Enviado por Ramgad
em 21/06/2012 17:45:10
Offline
Ramgad
Cidade adormecida
No céu a lua gargalha cuspindo estrêlas d'água. Mornando na noite uma brisa sutil, que sac...
Enviado por Ramgad
em 04/02/2012 01:12:02
Offline
Ramgad
Noturno II
O que dói não são as palavras adormecidas na alma ansiando doçura em pedra. Dói o olhar ausente,...
Enviado por Ramgad
em 23/01/2012 18:31:38
Offline
Ramgad
Ciúme
Canto o choro triste da alma que derrama lágrima ciumenta.
Enviado por Ramgad
em 12/09/2011 17:27:04
Offline
Ramgad
Distância
Meu amor por vezes adormece nas asas da distância, mas sempre acorda nas labaredas acarinhadas d...
Enviado por Ramgad
em 27/07/2011 12:38:56
Offline
Ramgad
Eternidade
Cem anos...pouco,cento e cinqüenta, pouquíssimo. Quero viver mais. Preciso ver novamente sol, av...
Enviado por Ramgad
em 22/06/2011 17:32:32
Offline
Ramgad
Lágrimas dos aflitos
Entre laços e nós, verdades e mentiras. Entre o preto e o branco paixão e dor. Entre o tempo e ...
Enviado por Ramgad
em 07/01/2011 16:24:02
Offline
Ramgad
Mentiras
Como saciar em ti as delícias? Enroscar meus brackets na tua língua. Saciar minha sede em um oá...
Enviado por Ramgad
em 01/09/2010 13:30:24
Offline
Ramgad
Online
Hoje acordei mais cedo. Acariciou-me os dedos o teclado arrefecido. Coração acelerado, net le...
Enviado por Ramgad
em 04/08/2010 18:51:13
(1) 2 3 4 ... 6 »