https://www.poetris.com/

Poemas, frases e mensagens de Alderbaran

Seleção dos poemas, frases e mensagens mais populares de Alderbaran

Não sei escrever, por isso a minha poesia será egoísta, incompleta, preguiçosa e cheia de erros …. um espelho perfeito de mim mesmo …

Para que serve a sebenta da alma, se a tua felicidade ocupa o lugar das palavras …

 
Para que serve a sebenta da alma, se a tua felicidade ocupa o lugar das palavras …
 
Os dedos semeando saudades de ser lápis na pele …
Escrevendo os arrepios em cada saliência do corpo
No sufoco de ser tinta,

Mar...

Rosto …

Rejuvenescendo no ventre
A razão de te amar …

No entanto, eu queria mais,

Queria o sossego de um lugar, cúmplice das estrelas
Queria o adormecer no colo teu…
Queria os dias, os meses, os anos…
Na presença do teu respirar
Na presença desse olhar gigante, debruçado em meus ombros,

Por outras palavras, queria um simples abraço
Para durar meio seculo de sonho …
 
Para que serve a sebenta da alma, se a tua felicidade ocupa o lugar das palavras …

Imi nephesh na praia-da-rocha

 
Imi  nephesh  na praia-da-rocha
 
Menina do céu trajado na alma
De raízes trancadas aos pés

Voas bem alto
De olhar fechado na hora de amar…
Esquecendo de que em és,
Flor num rochedo
Bebendo a espuma das marés …

Te amo neste mundo tão imperfeito
Onde só conheço a doçura das lagrimas
Nesse sorriso perfeito em que te escondes.

Se camélia rosa significa grandeza da alma, capaz de embelezar o mais triste rochedo.
Visionar uma destas flores na praia da rocha, é um milagre que definitivamente faz o mar ficar para traz ….
 
Imi  nephesh  na praia-da-rocha

Lençóis de mar por secar …

 
Lençóis de mar por secar …
 
A cumplicidade de nosso âmago em espiral
Lembra um cenário raro
Que esboça o lirismo da lua em prata

Nos lábios descalços

Na nua praia …

No areal agasalhado das estrelas …

Na sonoridade perfeita dos rochedos
Reproduzindo em nosso corpo
O marear …


No entanto, são apenas retractos de tecido azul
Borrados pelo choro da ilusão
Esperando a confirmação de um destino
Insensível e desumano que esconde o sol
Do amanhecer,
depois do acordar ….

A dor é neblina depois ou antes do amor ?

A resposta é sempre a mesma para aqueles que sofrem na solidão ….

Para aqueles que vivem neste momento abrigados no coração amado, a resposta será diferente até que um dia o inquilino queira ser o proprietário, ai tudo muda, afinal o amor só pode coabitar na partilha igual ….

Talvez a dor seja neblina antes e depois , o segredo está na forma como prologamos o tempo de amar e da forma como elevamos esse amor para lá das nuvens ….
 
Lençóis de mar por secar …

… (a) (té) …

 
… (a)  (té) …
 
O tempo dita (a) dor … e morremos a tentar escrever no coração de alguém, “amor” sem erros, ou então a corrigir amor(té) dos sentimentos … (a) (té) …
.__________________Não Há[Ver]

Dor que se entranha nas entranhas do silêncio
Dor que não perdoa o tempo gasto na escuridão dos sonhos…
Dor que corrói o espaço que deveria ser teu
Dor de um amor que devia ser salvo da surdez cega do afecto …
Dor simplesmente dor, imergida de um telhado que só protege o veneno do inferno …

Que importa o tempo acompanhado se mal aproveitado ….
Que importa o nosso estado se o ser amado está emigrado debaixo do nosso tecto …
Que importa estarmos casados se há muito a nossa história é feita de parágrafos de linhas soltas …que desfiguram as palavras e tornam as frases ocas …

Que importa o lar, se existem grades em vez de pontes, a delinear os corações …
Que importa se já pouco importa a nossa esperança, de reutilizar as algemas em alianças ….

…(a) (té)…
___ver

…(a) (té)…
___ver
 
… (a)  (té) …

Fim...

 
Fim...
 
Depois de tantos momentos e horas aqui passadas...percebi que existe alguem que precisa mais de mim....talvez o meu egoismo me tenha afastado das pessoas que amo.
Não que o luso não seja importante para mim....nem sei se sera um Adeus difinitivo....
por agora, um até ja.....

O importante é aprender-mos com os erros. E valorizar-mos quem realmente nos ama.
 
Fim...

A metamorfose da alma em flor …

 
A metamorfose da alma em flor …
 
Não existe canteiro seguro para morar,
Quando verdadeiramente não sabemos quem somos
Quando sofremos as metamorfoses das flores sem saber amar …

Por isso te digo…

Desconhecias de todo, a força das tuas asas
Preferias-te sentir segura com aquilo que alimentava as tuas raízes …
Numa alma adormecida, aparando a água com a sua própria sede

Num dia que percebeste que as tuas pétalas eram para alma o segredo da sua liberdade
Despertaste a voz do teu íntimo, num grito entoado pelo longínquo mar
Um sopro avassalador que quebrou a pele de rochedo, que protegia coração de um velho menino…

Assim nasceu uma história de amor …que procura um final feliz que dure ….

As palavras surgem como carruagens que levam mensagens de amor ao interior de um ser que se esqueceu de si …palavras que se transformam em espelhos de água, junto da sua alma, esperando que surja o primeiro raio de sol …
 
A metamorfose da alma em flor …

Regurgitando a saudade no peito, esperando que a maré cheia me convença a não ficar.

 
Céu espelhado no salobro do mar
Olhar de salto alto que me faz chorar
Poesia sem âncoras
Maresia entoadas de ecos
Rasgando o silêncio sedento
De um lugar mais perto do azul encetado

Areia movediça que não impede o cultivo das folhas secas,
Junto dos pés sagrando
Feitos rochedos, golpeados por promessas de amor …
…Essas mesmo que os amantes cegos registam junto de falésias …
Lugares onde o espirito se condensa num suspiro mais profundo.

Encenações pobres de quem acredita, que a partilha do afecto é sábia, mesmo prematura no início …
 
Regurgitando a saudade no peito, esperando que a maré cheia me convença a não ficar.

A alma tem um fragância impossível de cartografar noutra pele, sem ser na tua…

 
A alma tem um fragância impossível de cartografar noutra pele, sem ser na tua…
 
Reconheci tuas asas pigmentadas de raízes
Na perfumaria dos teus vocábulos
Na seda venosa do teu grito …

Um gemido solto
Levitando no corpo
Um sentimento adormecido

Que ao ser acordado
No lago do íntimo
Reflectiu o melhor de dois mundos …

No entanto o céu só escurece para quem não sabe escutar a estrela mais tímida…
E assim me tornei cego como a solidão, ao relento do teu choro.

Dê a quem você ama:
Asas para voar,
raízes para voltar e
motivos para ficar.
(Dalai Lama)
 
A alma tem um fragância impossível de cartografar noutra pele, sem ser na tua…

Ancorada num abraço teu …

 
Ancorada num abraço teu …
 
Fechas os olhos para chorar, para ultrapassar na fronteira dos lábios …
A sensação de desmaio suave…
Não é apenas a partilha de um beijo, nem uma espécie de adeus,
É apenas a tentativa de parar o tempo que corre e não deixar expirar o tempo que decorre ….

Na pressão dos braços, aproximando cada vez mais o coração, salpicos de vozes entoam o silêncio dizendo “ te amo “… “ te amo “…” te amo “
 
Ancorada num abraço teu …

Para que,palavras?

 
Simplesmente amo-te.
Não ha mais palavras....
 
Para que,palavras?

“… estamos na natureza para auxiliar o progresso dos animais, na mesma proporção que os anjos estão para nos auxiliar.”
Escrevia assim o grande Chico Xavier, no entanto, também sinto que trocamos de lugar quando é preciso …