https://www.poetris.com/

Poemas, frases e mensagens de COLETIVO

Seleção dos poemas, frases e mensagens mais populares de COLETIVO

Vencidos

 
 
Não podíamos amar se não fosse a grandeza da insanidade e a beleza da liberdade.

Não quero seu corpo num copo e nem beber só seu amor inquieto.

O azul do céu virou lamento, apagando o calmo e o ócio olhar ao vento.

Tudo pode tentar.

Tudo pode viver.

Todo nosso erro foi só querer entender....

Rodrigo Mortari
 
Vencidos

Elucido amor

 
'' Tudo ficando lento de mais e eu tentando enxergar você , e seus olhos impermeáveis não me olham mais. Um dia isso poderia ser sincero , se não fosse passado. Onde ficamos e deitamos o olhar. Meu amor era seu e único. Ainda vou morrer tê olhando e mesmo sem sentir que você foi embora. Ainda vou tê olhar , sabendo que nunca vou consegui dizer Adeus por tê amar ”....

Rodrigo Mortari
 
Elucido amor

Incauto

 
 
Aquelas ,

Nossas emoções ,

Essas flores e porões.

Nascendo de novo e tudo aquilo , ignorável fascínio.

Empestearás , nesses arredores incômodos.

Gritando , pedindo um tempo pra descansar.

Infartando e olhando aqueles que esqueceram de amar...

Rodrigo Mortari
 
Incauto

Antônio Abujamra, declama "Tempo que foge!" de Ricardo Gondim

 
 
 
Antônio Abujamra, declama "Tempo que foge!" de Ricardo Gondim

Pseudo frenesi

 
 
Inferno.

Choro , gritos e fumaça.

Sentados e toda vida é escassa.

Sinto o momento , o seu cheiro.

Minha eufória e o caótico eterno.

Dó cálido , minha vida e desgosto.

Os meus olhos nunca foram meus.

E os seus.

Meu céu.

Nesses labirintos que adentro e nunca quis entender.

Em todas formas erradas , o que é certo.

É o seu amor.

Desbravado e sem liturgia.

Eu provo a felicidade de te amar todos os dias...

Rodrigo Mortari
 
Pseudo frenesi

Ruínas

 
 
" Amar é um dom , não o meu. Tenho ruínas descendo aos lábios.Tenho ódio e o que me aquece é a parte mais inteira do que dizem sem clareza , e das vezes mais infelizes que durmo com um cigarro na boca. Puxo a alma morrendo mais um pouco , em cada sonho lamentado , da insanidade , cabe me o trago "...



Rodrigo Mortari
 
Ruínas

Nosso ódio

 
 
Um dia você acorda tendo a ilusão mais perfeita de ser.

Toda consequência , morre num sofá.

Eu estive com você no momento mais fácil e difícil de acordar.

Esqueci o quanto gritamos e como somos sujos pra sentir o que mais odiamos.

Acreditando que um dia , ainda pudéssemos ter amor e outra vida...

Rodrigo Mortari

.
 
Nosso ódio

Dias cinzentos

 
 
“ Você acorda e as malditas tintas ainda estão no céu cinzento. Você diz de um lamento , um sangue escorrendo , tudo perdido e sem sentido. Você se perde no que sente e sente o ódio de ter apenas você. Algumas pessoas olham o ir e vir em tempos sem fim. As nuvens carregadas pedem pra chorar , o mundo pede pra amar e o sonho é acordar e gritar. Do abissal o mal é o show da morte , dizendo: “ Queima-te e não só de lágrimas te laves ”...

Rodrigo Mortari
 
Dias cinzentos

Vela

 
 
" Posso encher-me de paz , mas minha alma tem cheiro de cinza , onde tu ascendeu-me amor , ainda velo minha vida "...

Rodrigo Mortari
 
Vela

Torpe

 
 
Com a faca que corta o pão de manhã , sujo nosso dia e brinco olhando você tentar limpar.

Dançamos com nossas indecisões , amamos os erros que juntamos.

Deciframos nossos espíritos nas noites mais mortais.

Imorais , como não deveríamos ser.

Insípidos , incrédulos , como o sol que nunca nos pode brilhar.

Descemos o olhar e nos voltamos ao escuro dá noite.

Queimando nossas almas.

Num porão de cruzeiro , sepulcro de carne , mas ainda de flores nascendo...

Rodrigo Mortari
 
Torpe

Nenhuma

 
 
O ódio é tão limitado quanto a força do amor.

Das noites mais inquietas o óbvio.

Ninguém pode saber mais ou tentar.

Das vezes que a dor morreu.

Camões , e essa langeri é de uma mulher.

Toda emoção é um grito pra te amar.

Todos os jeitos , são mortos.

Quem gosta de olhar , tem um pouco de amor e foda-se...

Rodrigo Mortari
 
Nenhuma

Ressuscito

 
 
As vezes precisamos desconstruir o concebível e eliminar o cabível.

Sem auto crítica , ler a ignorância óbvia que inunda e determina o que é amar.

Toda vez e são essas , as mais cruéis e fáticas.

Calar a voz , ter o mar , o som quebrando de um corpo morto , mas ainda com ódio amando...

Rodrigo Mortari
 
Ressuscito

Difícil

 
 
Era um cigarro queimando , era minha vida.

Era essa falta de ar , era esse sonho de não precisar.

Era o pecado mais triste.

Era aquilo que te faz mais feliz.

Eram aqueles , hoje são eles.

Essa era é a forma de amar.

Era aquilo mais difícil.

Era o vicio.

Era seu olhar.

Eram nossas almas.

Morrendo sem acordar...

Rodrigo Mortari
 
Difícil

Soneto de Contrição (Vinicius de Moraes)

 
 
 
 Soneto de Contrição (Vinicius de Moraes)

Reza

 
 
Sua voz é paz que perdi encontrando o amor.

Significados tão grandes perto de mim.

Poderes que nunca tive.

Nos ombros do mundo sou homem.

Argolas rodando enquanto você existir.

O sentido , meu sentido e nosso sentimento.

Virgulando o vento , soprando o nosso desacordo.

Num pacto.

Os obstáculos mais simples nunca conseguimos passar.

E todas suas memorias vivem em mim e como se eu pudesse deixar de existir.

Ainda sinto o cheiro do seu corpo.

Numa capa deixada no sofá.

Foram lágrimas que desceram e fizeram me pensar.

Que nossas vidas nunca tiveram futuro.

Ainda sim , te coloquei num altar.

Onde eu possa olhar e saber que aquele amor , sempre foi nossa injustiça ...

Rodrigo Mortari
 
Reza

Não

 
" Amor é uma ilusão da alma? , direi que sim para toda e qualquer pergunta sem resposta "...

Rodrigo Mortari
 
Não

Intolera

 
" Difícil de ser , tão calado de escutar , tão fácil de ler e tão qual maldito é amar “ ...

Rodrigo Mortari
 
Intolera

Augusto dos Anjos

 
 
 
Augusto dos Anjos

Flores mortas

 
 
As flores morrem em jardins tristes , mesmo regando , a beleza acaba.

Todo sentimento e você pode procurar.

Os dias mais feliz são curtos de mais.

E a dor é só o inicio de quem não pode desvendar.

A paz.

O segredo e o ardor.

Morto na terra como o desgosto do amor....

Rodrigo Mortari
 
Flores mortas

Penumbra

 
" O fim da vida é como o inicio da calma , pedindo nosso corpo em paz e morrendo nossa alma "...

Rodrigo Mortari
 
Penumbra