https://www.poetris.com/

Poemas, frases e mensagens de MiaRimofo

Seleção dos poemas, frases e mensagens mais populares de MiaRimofo

HÁ EM MIM

 
 
Há em mim uma quietude de morte
Que procura o norte
Um ser errante de lavrada poesia
Pois os sonhos são bússolas
Que me guiam por terras distantes
Em fantasia onde a minha alma mora
Raízes em solidão na terra de fontes pagãs
De desencantados contos encantados
Paisagens mágicas de verdes flores
Há em mim sonhos de embalar de terra lavrada
Que procuram o sol nas noites de lua cheia
Pois escrever é ter na mão o negro luto da caneta
Numa quietude de morte no peito coroada de rosas

Mia Rimofo
 
HÁ EM MIM

CARVALHO

 
 
Sou um corpo pesado um verme
Roubado do ventre de minha mãe
Presa nos pátios vazios da saudade
Os meus braços, as minhas mãos
São madeira repleta de vermes
Madeira das lajes dos mortos
Entre as flores de um descanso
No silêncio de um carvalho
Onde ninguém me pode ouvir
Rasgo a minha carne queimo
Os olhos para me sentir livre
Mordo a minha própria carne
Num mudo grito com os lábios
Costurados de dor, boca que
Mastigada satiricamente a carne
Madeira talhada com a sentença
Rasgando o meu coração com raiva
Madeira de uma laje no silêncio
Feita em madeira de um belo carvalho
Sente-se o cheiro forte do enxofre
De morte misturado com as frescas flores
É um cheiro muito amargo de saudade
Feitas com rendas antigas e seda selvagem.

Mia Rimofo
 
CARVALHO

NÃO SINTAS AMBIÇÃO

 
NÃO SINTAS AMBIÇÃO
 
 
“Não sintas ambição na perfeição
Não te sintas pressionada a agradar
Sê quem és sem receio de o demonstrar
Sem máscaras ou dissimulações
Sem amarras ou obrigações
SÊ, apenas quem és e como és
Vive na dupla felicidade.”

― Mia Rimofo
 
NÃO SINTAS AMBIÇÃO

POIS

 
POIS
 
 
“Enquanto escrevo
Estes versos
Estou a revelar
O som da caneta
Do meu escrever
No silêncio da noite
Onde as palavras são imortais.”

―Mia Rimofo
 
POIS

AGRADEÇA

 
AGRADEÇA
 
 
“Agradeça todos os dias
Quanto mais agradecer
Mais será belo o seu sorriso.”

― Mia Rimofo
 
AGRADEÇA

CASA CAIADA

 
CASA CAIADA
 
 
CASA CAIADA

Caia a noite entre as sombras
O meu silêncio perpetua-se

Nos confins da minha solidão
Onde repousa o meu coração

Nas longas noites do meu vazio
Que vive no meu corpo despido

E no teu olhar talvez abandonado
Lá fora a chuva parou, sente-se

O cheiro da terra molhada, eu gosto
Um aroma de uma casa vazia caiada

Mia Rimofo
 
CASA CAIADA

ONDE ESTÃO

 
ONDE ESTÃO
 
Onde estão os que amei
Foram levados de mim
Num sonho de lívida espuma
Arrastados pela corrente
Que esperam a mão de Deus
Neste mar que descansa a alma
Palácio perdido de ilusão
Tronco seco de secas flores
Com que se enfeita o esquecimento
Onde estão os que perdi
Foram levados pelo musgo das fragas
De mortais sentimentos
Num mundo antigo de granito
Livre de angústias, de espinhos
Que esperam com felicidade a mão de Deus.

Mia Rimofo
 
ONDE ESTÃO

NÃO TENHO MEDO

 
NÃO TENHO MEDO
 
"Não tenha medo de envelhecer
Cada ruga no rosto é um capítulo de um livro
Que a vida foi escrevendo tudo que vivemos.”

Mia Rimofo
 
NÃO TENHO MEDO

SALVA-ME

 
 
SALVA-ME

...Salva-me
No meio da noite
Do que ainda não sei
Ou talvez do que sei
Vómito solto de vinho
Amargo na boca
Livra-me do perigo
De todos os inimigos
E por todos aqueles
Que esperam à muito
A minha vã morte
Voo dessa eminência
No espelho do desejo
De compaixão eterna
Nesta dor em agonia
Desta guerra a minha
Que não posso voar
Salva-me ou vive
Para me tentar salvar.

Mia Rimofo
 
SALVA-ME

USA

 
USA
 
 
Usa os gemidos
Dados da minha boca
E abusa do eco
Dos meus sentidos
No prazer que eu retiro
Dum beijo que te inspiro.

Mia Rimofo
 
USA

PENSAMENTOS

 
PENSAMENTOS
 
 
“Contigo descobri
Que se morre de tristeza
Ou de imensa felicidade.”


“Tu deixas em mim uma memoria
De tanta saudade e felicidade
Para que eu possa usar e me alimentar.”


“Deixas-te em mim
Uma saudade
E agora
Como desato o nó no peito.”


“Sou a voz da minha alma
No meu coração em direção a ti.”

― Mia Rimofo
 
PENSAMENTOS

QUANDO EU

 
QUANDO EU
 
 
Quando eu morrer
Voltarei numa poesia
Pelas ondas do mar

_ Mia Rimofo
 
QUANDO EU

SE.

 
SE.
 
 
Se queres
Viver mil anos
Lê muitos livros
Mas se queres
Viver para sempre
Basta escreve-los.

Mia Rimofo
 
SE.

CARDO DE MIM

 
 
Na minha morte talvez seja
Uma flor, uma lágrima
Um sorriso, uma raiz
Nas tardes outonais
Por todas as palavras
Que nunca escrevi ou ouvi
Entre as suas paisagens em poesia
E quando a noite vem
As andorinhas palram em segredo
Na minha janela com as silabas em silêncio
Já os melros são a foice dos meus poemas
Pássaros alinhados das minhas penas
Nos sonos longos de inverno
Em que tu anoiteces ao meu lado
Onde teço o teu nome no que tropeço
Cardo que me abraça no meu próprio grito
Pois quando a noite vem peço a Deus
Que me acolha enquanto bordas o meu coração

Mia Rimofo
 
CARDO DE MIM

NÃO FIQUES PARADO

 
NÃO FIQUES PARADO
 
“Não fiques parado em espaços
Onde não cabe a tua alma
Muito menos os teus sonhos”

― Mia Rimofo
 
NÃO FIQUES PARADO

MÃE

 
MÃE
 
💜

Ser mãe é parir com dor
Todas as lágrimas do mundo. ★

FELIZ DIA DAS MÃES...!

Mia Rimofo
 
MÃE