https://www.poetris.com/

Poemas, frases e mensagens de Yooh

Seleção dos poemas, frases e mensagens mais populares de Yooh

Chovia...

 
Eu lembro daquele dia que chovia
Aquele dia que chovia, e você chorava
As lagrimas de sangue debaixo da ponte
Debaixo da ponte onde o riacho passeava
Passeava andando a noite na chuva
Naquele dia a chuva gelava
Até a alma de quem tinha amores
Até as fontes de minhas dores
Tantas fontes, tantas pontes
Pontes de barro, barro que derretia
Pois eu lembro que naquele dia chovia
E naquela chuva você chorava
E naquelas dores você amava
E naqueles amores, o riacho passeava.

Meu primeiro poeminha aki, ainda não sei direito como o site funciona mais escolhi esse pra começar, espero que alguem goste ^^
 
Chovia...

Qual é?

 
Qual flor é mais perfeita?
A do jardim, cuidada e bela
Ou a gasta, lá da montanha
Qual moça é mais direita?
Perua rica da cidadela
Ou puta pobre, que só apanha
Qual via é mais estreita?
A do beco escuro, onde o jovem descansa
Ou a do cano da arma, que aponta a criança
Qual escolha é mais aceita?
Roubar a lojinha, filhos sem mais fome
Ou gozar de dia, no sangue que quem se some
Com tanta escuridão
Rancor do mundo por nós
Qual a mais doce receita?
O mel que escorre do pranto infantil
Ou ser cego e surdo, fingindo que é homem
 
Qual é?

Um livro inteiro

 
Eu queria dizer que te amo
e te deixar denovo sem palavras
mais não precisa dizer nada não
suas palavras bastam as escritas
da sua boca só quero os beijos
você conseguiu desfocar minha mente
me tirar de um transe
e me jogar em desejos
me mandar num devaneio
você não merece um poema
merece um livro inteiro
merece um doce Janeiro
até um frio de meio de ano
até um rio banhado de engano
de amargo da boca, de insana e louca vontade
o olho esperto, espreitando por perto a maldade
eu vou te encontrar
pra pegar de volta
o pedaço que você arrancou de mim
e se você fugir mesmo assim
mesmo assim que não queira
vou te buscar mesmo que na beira
desse mundo que ao seu perfume cheira
todos os doces que eu provar,
serão vertentes do seu seu sabor...
e nem um outro será tão delicioso
e nenhum abraço vai ser tão caloroso
e nenhum adeus vai me dar tanta dor...

(For Lila ^^)
 
Um livro inteiro

Romance

 
Olá moça
tudo bem?
só vim aqui te contar
que pior que nunca ter te provado
é te experimentar
e então ser exilado
de um sentimento ignorante
de um sem momento, sem amante
eu gostei de você
gostei de seus gestos
gostei do seu gosto
e pela eternidade da minha curta vida
vou gostar do seu oposto
e pra acabar com esse leve perigo
vou apagar as aspas do amigo
e serei o falso mais verdadeiro
eu te quero e não sou o primeiro
não vou esboçar nem um gesto que me avance
vou ficar num desejo bobo de um romance
estranho dizer isso
por que romance por romance
nenhum nunca me atraiu
a não ser o que levo comigo mesmo quando escrevo.
 
Romance

Contradição

 
Contradição... o que é?
Flores que se vão com o vento sem que suas raízes saiam do chão
em sua eterna prisão, há um momentinho de gozo
um segundo eterno, vagabundo moderno
briza do zumbido das abelhas
fúria do estampído que se assemelha
ah... e ae vem o vento, e o polen voa
e mesmo presas ao chão
mesmo sem libertação
as flores voam
como nuvens no verão
como o berço da imaginação
como ar de contradição
como o espasmo da exclamação.
 
Contradição

Apenas

 
Olho nessa tela colorida
Colorida até o brilho perdido
E vejo apenas a ferida
E a dor presente e amiga
Amiga sorridente, destemida.
Hoje eu morri por você
Hoje eu sorri sem querer
E apenas senti sem sofrer
A lamina passando na rima
As cordas estourando em cima
E o corpo, inerte na sina
Sina de apenas sentir drenando
O sangue, o sopro, o fogo.
E o frio sobra, por nada.
Apenas fui praguejando
Na minha testa a morte em logo
Mais escura, inodora, calada.
Estranhamente não estou me incomodando
Cansei-me dessa ilusão, desse jogo
Estou confortável na minha morada
Na minha morada sou o fantasma
E apenas protejo aquilo que amo
E apenas arpejo nesse véu de engano
Logo me calo, e apenas respiro.
Por que hoje eu morri por você
Hoje, eu sorri sem querer.
E apenas disse apenas sem saber
Que nada mais eu quero
Estou feliz em apenas ser.

só isso ^^
 
Apenas

Julia

 
Que lugar...
paredes azuis e brancas
portas amarelas
o cheiro podre do soro
o som medonho do coro
de pobres pessoas
que procuram promessas de melhoria
saúde de outro dia
dia que nunca chega
assuntos triviais
são bocas tão normais
modestas em sua humildade
são cenas irreais
em olhos transversais
tão sem brilho, eternidade
e nesse branco escuridão
e nesse pranto solução
vejo um brilho
advindo da vastidão
vastidão dos olhos de uma criança
prata brilhante, brilho, luz
um brilho desigual, surreal
um anjo animal
no meio do hospital
no seio do racional
no devaneio do meu natal
uma menina de olhos cor de prata
ela chora, ela brinca, não se empata
meu coração feliz arrebata
seu sorriso inocente
seu destino indigente
sua luz prepotente
um anjo olhos de lamina
cabelo de ventaval
claro, leve, ralo
euforia de carnaval
coraçãosinho acelerado
até quem já se esqueceu
como é ter mais que fosco
em seus olhos esquecidos
até quem já se perdeu
em seu teorema vazio e tosco
e acha que todos estão perdidos
hoje sorriu
e em seus olhos eu vi
um timido brilho de vida
mesmo que por sorte refletida
seja só a luz que emanava
dos olhos daquela criança
e nesse dia anormal
nessa peça teatral
eu vi deus
nos olhos de um anjo
eu vi deus
no sorriso de um igual
eu vi deus
de manhã, no hospital

Para uma criança especial, que eu nem cheguei a conhecer ^^
 
Julia

Filosofia de Getulio

 
 
A pedra é...
A pedra é o olho do morto
A pedra é, aquele que te olha torto
A pedra é quem te nega o conforto
A pedra é que não olha e passa
A pedra é o fogo da fumaça
é o velho banco da praça
A pedra é a visão que se embaraça
com a lagrima de quem chora
A pedra é, aquela pessoa que chora
é o depois, o antes e o agora
A pedra é a febre, a fome e o frio
A pedra é meu coração vazio
Perdido na saudade da minha filha
na vastidão da minha nova familia
A pedra é meu travesseiro,é meu dia sem cor
A pedra é meu mundo inteiro
A pedra é o meu amor
 
Filosofia de Getulio

FMS