https://www.poetris.com/

Poemas, frases e mensagens de Ivan_tavares

Seleção dos poemas, frases e mensagens mais populares de Ivan_tavares

Auto-retrato

 
Minha alma se iluminou
E se encheu dos sonhos mais loucos
Se transformando aos poucos
No milagre do amor

Meus olhos mareados
De lágrimas sofridas
Chegadas, partidas
Restando-nos o passado

Migalhas do que sobrou
Pedaços de solidão
Não me venha com compaixão
Não foi só você quem amou

Quantas vezes eu estive lá
Por você, por nós
Só queria ouvir tua voz
Me pedindo pra ficar

Me fiz triste
Jurei não voltar
Pra poder apagar
O amor que ainda existe
 
Auto-retrato

Intimidade

 
Arquiteto minha própria solidão
Em palavras perdidas
Linhas desperdiçadas
E buscas em vão

Não tenho medos
Implanto flâmulas e opiniões.
Meus erros e meus segredos
Não me trazem preocupações.

Não busco o que não vejo
E não vejo o que não me agrada
Na há regras no que desejo
Não há desejo em vida passada

Acalmo meu próprio ser
Invocando em pensamento
Razões pro meu viver
Fugindo do descontentamento

Não procuro saída
Sempre uma existirá
Na chegada ou despedida
Há motivos pra chorar

Chorar, lavar em lágrimas o rosto,
Como pétalas de sentimento
Cada um sente um gosto
Cada um tem seu momento

Procuro borboletas no vento
Mas as deixo ir embora
Sem espaço, sem tempo
Faço tudo no agora.

06/09/2008

Chamo esse poema de "Intimidade" porque apesar de confuso, é como se fosse uma conversa com espelho, entre um ser em busca do auto conhecimento e se vendo meio desnorteado, desmotivando, porém, buscando se reerguer, assim sou eu. Mais uma vez espero que gostem. Abraço a todos.
 
Intimidade

Seu Jogo

 
Sua voz cortando como navalha
Fazendo minha alma em pedaços
Criando mágoa e os espaços
Para que houvesse uma falha

Então outra pessoa apareceu
E me olhou como eu olhava você
E me fez entender
Que o erro não foi meu

Essa outra pessoa disse a mim
Que eu era importante
Que merecia outra chance
Que ainda não era meu fim

E quando ela sorriu
Fez-me forte, motivado
Eu era livre, apaixonado
E você nem viu

Não viu que eu era assim
Que queria você comigo
Livrando-te do perigo
Mas você não estava afim

Achou muita besteira
Que era passa tempo
E agora eu apenas lamento
Acabar com sua brincadeira

Agora não me arrependo
Luto por quem me quis
Vou fazer outra pessoa feliz
E você o que está fazendo?

Agora diz me amar,
Talvez por sentir medo,
Ou por está sendo o brinquedo,
Agora não quer mais jogar

O certo é que você perdeu
Seu jogo acabou dando errado
Pois, quando tinha alguém do seu lado
Esse alguém era eu.

Saído do forno, rs. Acabei de escrever. Espero que gostem. Abraços. 21/01/2009
 
Seu Jogo

Paixão

 
Meus olhos buscam o teu
E minhas palavras embaraçavam
Não sabe o medo que me deu
Quando meus sentidos te buscavam

Meus dedos tocavam sua boca
Imaginando o seu doce
Vontade mais louca
Que um beijo isso fosse

Inexplicável o que acontece
Quando me imagino com você
E quando você aparece
Nem sei o que fazer

Sinto-me sem graça
Perco toda noção
Não importa o que eu faça
Sou todo coração

Euforia incontrolável
Sorriso de perdição
Sublime e venerável
Pedaço de paixão

Perdido, louco
Todo desencontrado
Sem medida, muito ou pouco.
Sei que estou condenado.

Pago o preço
Busco e espero
Não sei o que mereço
Mas sei o que quero.

O nome dessa poesia e algo que aconteceu comigo, e me sentia exatamente como descrevo acima, e a pessoa me chamava de paixão, aí ficou assim.
 
Paixão

Mais uma vez

 
Olhares e cores
Contos e cantos
Armadilhas e folhes
E todo seu encanto

Correntes invisíveis
Noites sem fim
Sentimentos inesquecíveis
Esqueceram-se de mim

Eloqüência de acontecimentos
Ação e reação
Esperando meu momento
Só me restou a solidão

Agora estou aqui
Sem rumo, sem razão
E para não te ferir
Dilacerei meu coração

Fugi do que mais queria
E assim me enganei
Foi embora minha alegria
No dia em que te deixei
 
Mais uma vez

Sentidos

 
As vezes é difícil compreender os acontecimentos ao meu redor, as pessoas, as suas atitudes, meu sentimentos.
É incompreensível me olhar no espelho e ver que o tempo antes lento, agora anda tão rápido que assusto-me ao perceber as mudanças que ele ( o tempo) causou. Hoje apesar da pouca idade e vivência, aprendi muito, cresci muito, e já me sinto cansado por muitas coisas que passei e fiz acontecer. Tenho feridas que agora se curam, amizades perdidas, conquistas, perdas, planos desfeitos, planos novos, sonhos destruídos, sonhos novos pra sonhar ainda.
Agora, me vejo com outros olhos, posso ver melhor também, enxergar mais que meus olhos vêem, aprendi com o coração e com a razão. Coração e razão um não deveria mandar no outro, mas é o que acontece.
Hoje, descobri que posso contar com mais alguém além de mim mesmo, mas posso entender também que a pessoa ao meu redor também erra, assim como eu, que a perfeição é inatingível, sua busca é pura perda de tempo.
Busco algo maior do que buscava, me tornei um pouco mais egoísta, mas ainda me entrego aos meus sentimentos, como quem se deixa cair e confia que alguém o segure.
Ainda sei vou sofrer muito, mas pouco me importa, na verdade, tenho aprendido a crescer com isso, mas sei que aos poucos isso me trará para mais perto do que busco que é minha felicidade, que pra mim é fazer alguém feliz...
Espero que esteja sendo assim...

Carta escrita para uma pessoa que já nao está no meu cotidiano. Muito especial para mim.
 
Sentidos

Saudade que sinto de você

 
A distância me maltrata
E o tempo trata
De passar mais devagar.
Tudo parece tão vazio,
Pedindo sua presença
E meu olhar já não consegue mais
Sorrir com a alegria
Assim como um dia sorria,
Só por você
Só para poder dizer.
O quanto eu era feliz ao teu lado!
Agora estes olhos
Continuam guardados
Fundos, caídos, machucados
Combalidos em mórbida profundeza
Por conta de uma enorme tristeza
De saudade que sinto de você.

Bastante antiguinho esse, acho que tinha uns 17 anos. Abraço a todos.
 
Saudade que sinto de você

Minha Poesia

 
A poesia e como a minha sombra
Me ronda, me zomba
Me persegue

Me faz imaginar
Enlouquecer, te amar
E você não percebe

Agora grito,
Desfaço e minto
Na ponta da caneta

Te amo, como nao deveria
Com nao quero, e não queria
Nem aqui nem em outro planeta

Mas assim sou eu,
Todo entregue, todo seu,
Porque você me completa

Sou louco,
Me dás tão pouco
Mas, te amo, porque sou poeta

Uma poesia simples, que escrevi a algum tempo, mas que pela sua simplicidade, eu adoro, uma das minha preferidas
 
Minha Poesia

Estranho

 
Desejo de morte
Desejo insano
Azar ou sorte
Certeza ou engano?

Quem sabe o que?
Que sabe onde?
Quem você?
Porque se esconde?

Porque esse mistério
Porque essa estranheza
O mundo não é tão sério
O mundo não é só tristeza

Esta faltando alguém
Me falta o ar
Mesmo longe, além
Eu quero te amar

O mundo pode me esquecer
Desde que você esteja comigo
Ai então, poderei viver.
Livre do perigo

Muito antigo, um dos primeiros, quando ainda descobria que gostava de escrever.
 
Estranho

Noites de Solidão

 
Eu vindo de outro dia
Com a sombra do adeus
Outra noite sem alegria
Sem ver os olhos nos teus

O quer será após fim?
Como vou esquecer?
Se metade de mim
É metade de você

E a outra metade
Que sofre em solidão
E amor que ainda arde
No meu pobre coração

Coração exagerado
Amou sem medida
Ficou cego, desconsolado
Ao ver sua despedida

O que mais questionar?
O que mais fazer?
Se só aprendi a amar
E amar só você.

Escrito: 16/01/2008

Algumas pessoas que leêm o que escrevo devem achar que sou uma pessoa triste, mas não sou, todo mundo tem seus instantes de tristeza, não sou diferente, mas, acho sou apenas uma pessoa que paga o preço por viver os sentimentos de forma intensa, no fim, tudo vira poesia. Sentimentos tristes expressos são na minha opinião, os mais sinceros e até bonitos. Abraço a todos.
 
Noites de Solidão

Tic, Tac

 
Tic, Tac...
Bate, ocorre uma explosão
Bate aqui dentro uma bomba
Ou um coração

Tic, Tac...
Faz o relógio com precisão
Não tem tempo nem tic, tac
Dentro do meu coração
Tic, tac...
Aqui dentro
É pura ilusão

Essa é para aquelas pessoas que às vezes decidem dar um tempo, ora, na minha opinião não há tempo para o amor, ou é ou não é, essa história, de vamos dar um tempo, vamos ver, não existe
 
Tic, Tac

Vida Nova

 
Versos rasgados
Exatidão extrema,
Futuro e passado
Num mesmo poema.

Quadra a quadra
Linhas incertas,
Folhas amassadas,
Poesias incompletas.

Sombras nos destinos
Dos sonhos mais distantes.
Sempre há flores e espinhos
No coração dos amantes.

De colisão com o tempo
Esqueço-me da hora
Vivo cada momento
Sem trilha sonora

Sem noção de espaço
Vida nova, vida louca
Perco-me e me acho
No céu da tua boca

Senti o sabor
Sem saber quão bom fosse
São as ilusões do amor?
Ou algo mais doce?

Já tive um Amor, que me deixava extasiado a ponto de pensar que não tinha fim, que sem isso eu morreria, pois bem, aquilo me sugava as forças, mas eu sobrevivi. Às vezes nosso coração nós prega peças, mas sempre há alguém que mereça nosso amor e sempre há alguém disposto a amar. No momento, estou fechado pra balanço, rs. Abraço a todos.
 
Vida Nova

Depressão

 
Saiu a caminhar
Sem saber mesmo para onde
Saía à exmo
Longe de tudo e de si mesmo
Mas tinha a impressão de não sair do lugar
Porque o mundo girava rápido de mais
A ponte de se sentir tonto

Quando tudo era silêncio
As pessoas falavam muito alto dentro da sua cabeça
Sobre coisas sem importância
E com ar de sabedoria e arrogância
Políticos ainda mentiam no horário da novela

Cansou de tudo
Olhava para cima
Olhava para baixo
Sentiu o céu, sentiu o inferno
“O céu e o inferno se encontram na terra"
Foi o que ele pensou naquele momento
E estava ele de novo no meio de tudo, indeciso

Tentou chorar e concretizar o seu sofrimento
Ou ao menos aliviar
Tentando transformar seu sentimento em lágrima
Mas não conseguiu, se sentiu angustiado
Sentia falta de alguém,
Algo estava quebrado
Alguém que também já não sabia se amava ou odiava
Alguém que lhe roubou o que ele queria dar a todas as pessoas
E já não conseguia mais
Queria dar abraços apertados com sabor de carinho
Sorrisos com o teor da alegria de um reencontro
Beijos com a essência do amor fraterno da amizade

Mas também não sabia
Se ela o tirou tudo isso
Ou se não queria ter mais
A verdade e que sua cabeça já não agüentava
Então ele saiu para caminhar
Sem mesmo sair do lugar
E não conseguia achar o caminho de volta
Resolveu caminhar agora para frente
Resolveu viver, resolveu estar vivo
Sem olhar para traz e com sorriso indecente
Seu futuro previsível passou
E saiu a caminhar
Indo para qualquer lugar longe de tudo...

02/08/2002

Feita a algum tempo,apesar de simples, gosto bastante.
 
Depressão

Retorno

 
Retorno

Minha alma sozinha
Sem saber por onde andar
Procurando o que eu não tinha
Querendo te encontrar

Fiz inverno aqui dentro
Sem motivo, sem querer
Esperando pelo momento
Esperando por você!

Vida no coração
E uma paz suprema
O que era solidão
Agora virou poema

E por causa de um sorriso
Há outro inconseqüente
Porque tudo que preciso
Eu vejo a minha frente

Agora estou de volta
Mostrando minha dor
Batendo à sua porta
Implorando por amor

24/03/2009

A algum tempo sem postar volto com um poema escrito retorno
 
Retorno

Quase um Adeus

 
A noite chega e eu reluto em dormir porque eu fico pensando em você, lembrando nós dois, o quanto era perfeito, o quanto fui tolo e por medo da felicidade ou de não te fazer feliz, acabei me entregando aos meus medos e perdi você.
Você, que sempre esteve comigo e que mesmo cheia de ouvir meus problemas, nunca me condenou, nunca ponderou meu jeito de viver, pelo contrario me amou, por ser quem eu era e se deixou amar aos poucos e me mostrou a pessoa linda que havia em você. Parecíamos como velhos conhecidos onde um olhar bastava para saber sentimentos que às vezes nem sabíamos dizer. Era mágico, era perfeito, era tudo.
Aqui nesse mesmo quarto, onde estou. As lembranças me perturbam, lembro do seu sorriso e por vezes de mim velando o teu sono. Lembro da vez que comprei um vinho e enchi o quarto de pétalas de flores só pra estampar um ar assustado no seu rosto, pra enfim pela primeira vez dizer: “EU TE AMO”. Outras vezes tentamos assistir filmes que nem recordo o nome, que nunca assistimos, porque o amor era mais forte, mais intenso, porque o melhor filme eu estava vivendo ao seu lado.
Nos piores momentos da minha vida, eu conheci você, e você me trouxe luz, e foi a única pessoa a estar do meu lado, me viu chorar, me deu forças.
Eu sei, cheguei tarde, machuquei você, a mim. Não to aqui pra pedir perdão pelos meus erros e nem to pedindo pra voltar pra mim, nesse momento seria ate irônico eu dizer isso, pois sei o que passou também. Eu to aqui pra dizer o quanto sou grato a DEUS por ter colocado você no meu caminho e dizer que vive meus melhores dias ao teu lado, foi quando mais o meu sorriso foi sincero. Guardarei para sempre num lugar só seu cada um desses dias, que foram únicos, que foram mágicos.
Obrigado por ter me feito uma pessoa mais feliz e ter me ensinado que o amor não tem medidas.
É quase um Adeus, mas ainda espero te ver e ter o teu abraço como amigo que sempre fomos. Ainda TE AMO.

Ivan Tavares

Carta que fiz pra minha ex-namorada, uma pessoa muito especial pra mim
 
Quase um Adeus

Culpa

 
Minha calma foi embora
Razões, motivos rasgados
Tudo na mesma hora
Tudo virando passado

Porque será que eu não via?
Porque será que eu não quis ver?
O que será que queria?
Quando me envolvi com você?

Onde estão os meus planos?
Onde esta minha vida?
Só sobraram desenganos
Resta-me uma ferida

Tenho tatuado no peito
Mais uma enorme dor
Antes houvesse um jeito
Mas confesso-te meu amor

Embora as vezes soe até infantil, tudo que escrevo já senti ou sinto.
 
Culpa

Sentidos II

 
Eu ouvi o que os ouvidos não podiam ouvir
Nas minhas noites mal dormidas
Ouvi suave voz a me chamar
E não sei aonde ir.

Eu senti como não deveria sentir
Sua presença a me enlouquecer
E sua falta a me sufocar
E agora como poderei viver?

Eu vi o que os olhos não poderiam ver
Eu vi um anjo
Eu vi um sonho
Eu vi você

Eu disse o que meus lábios não conseguiam dizer
Com palavras sentidas
Com palavras absurdas
Amo Você...

Enfim um poema mais alegre, rss. Escrito em 2003 no alge de um inocente e sincero amor que me fez amadurecer muito. Abraço a todos, espero que gostem.
 
Sentidos II

Viva

 
Talvez as coisas, as pessoas e os planos de nossa vida não dão certo, não porque não o são, mas porque não os deixamos que o seja. Depois que perdemos e que notamos que aquilo o que desfazemos faz uma falta enorme, deixou uma lacuna imensa onde só cabem lembranças. Antes que isso e para que isso não aconteça, é preciso, olhar o mundo que está a sua volta, não o que te rodeia, é preciso dar valor as pessoas, aos amigos, dar-lhes presentes. Mas não presentes caros, e sim presentes valiosos, como: um sorriso, um abraço ou até mesmo um simples telefonema para saber de notícias ou para falar bobeiras. Talvez aquele amigo, que sempre te liga perguntando de você, te aconselhando, aquele a quem você tanto confia, aquele que vai sempre a sua casa, aquele que acha a tua dor a maior de todas, mesmo que não seja. Talvez nunca diga com palavras, mas, ele pode estar precisando de você, de sua atenção.
Deus nos deu dons maravilhosos, dentre eles fazemos mau uso dos mais valiosos: A VIDA e o AMOR. Deixamos que esses dons preciosos escapem por entre nossos dedos, nas linhas do tempo. Esperamos tempo de mais para viver um grande amor ou tempo demais para amar a vida.
Não espere, sorria, diga besteiras, ame, ligue para seus amigos, distribua abraços e se sentiras e estarás com vida e feliz e ninguém poderá tirar isso de você.

Escrevi isso perto da conclusão do final do meu ultimo ano de faculdade, e entreguei uma cópia a todos meus colegas de sala. Espero que gostem, se gostarem cometem, obrigado.
 
Viva

FINAL

 
Karma da minha alma
Sondas de intuição
Histerias e traumas
De um sofrido coração

Batidas descompassadas
História de duas vidas
Ninguém sabe por qual estrada
Ninguém sabe qual saída

Será que um dia existiu?
Será que ele existe?
Um dia alguém partiu
E tudo ficou triste

Houve dúvidas,
Também lamentações.
Novas fugas
Para novas prisões

Prisões sem correntes
Apenas magoa e dor
Mentiras inconseqüentes
Sufocaram o nosso amor.
 
FINAL

Anjo Negro (Indíra)

 
Anjo Negro!
Sorriso indecente,
Corpo pequeno,
Jeito carente
E olhar sereno.

Anjo Negro!
Que faz a mim um bem,
Sou algo só de você,
De você e de mais ninguém,
Então não ouse me esquecer

Anjo Negro!
Toda cheia de pecado,
Cheia de defeitos,
Provoque, mas tome cuidado,
Que posso te pegar de jeito

Anjo Negro!
O que mais posso te pedir
Se és muito com tua presença
Que tanto me faz sorrir
E ver que a vida compensa

Anjo Negro!
Todos gostam de você
Anjo sem maldades
Mesmo sem querer
Vais e deixa saudades

Anjo desatinado
Anjo Solto
Anjo desafinado
Anjo Louco

Anjo lindo
Anjo Negro
Meu Anjo

Esse poema, fiz a muito tempo a uma amiga, muito especial e com um jeito de ser todo original chamada Indíra, até o nome é diferente, rs. Abraço a todos, espero que gostem.
 
Anjo Negro (Indíra)

Ivan tavares