https://www.poetris.com/
Fernando Pessoa : A Criança que Fui Chora na Estrada
em 10/05/2007 10:40:00 (45753 leituras)
Fernando Pessoa

A criança que fui chora na estrada.
Deixei-a ali quando vim ser quem sou;
Mas hoje, vendo que o que sou é nada,
Quero ir buscar quem fui onde ficou.

Ah, como hei-de encontrá-lo? Quem errou
A vinda tem a regressão errada.
Já não sei de onde vim nem onde estou.
De o não saber, minha alma está parada.

Se ao menos atingir neste lugar
Um alto monte, de onde possa enfim
O que esqueci, olhando-o, relembrar,

Na ausência, ao menos, saberei de mim,
E, ao ver-me tal qual fui ao longe, achar
Em mim um pouco de quando era assim.



**************************************************


Imprimir este poema Enviar este poema a um amigo Salvar este poema como PDF
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Hugo Cabelo
Publicado: 10/05/2007 10:43  Atualizado: 10/05/2007 10:43
Muito Participativo
Usuário desde: 07/05/2007
Localidade: Lisboa
Mensagens: 72
 Re: A Criança que Fui Chora na Estrada
Postei este poema por ser para mim o supra-sumo, o grande!
Espero que apreciem.

Um abraço
Hugo

Enviado por Tópico
Nesk
Publicado: 26/09/2010 01:40  Atualizado: 26/09/2010 01:40
Novo Membro
Usuário desde: 23/09/2010
Localidade: ibicarai - ba
Mensagens: 1
 Re: A Criança que Fui Chora na Estrada
poema legal..adoro fernado pessoa.

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 02/12/2015 17:25  Atualizado: 02/12/2015 17:25
 Re: A Criança que Fui Chora na Estrada
Depois do abandono... O se foi é para nunca mais.



$am i see

Links patrocinados

Visite também...