http://spumis.pt/
 
Poemas : 

AMBÍGUA...

 
É noite lá fora… e em mim.
Olho ao lado… adormece a metade.
Acendo um cigarro – trago – tempo.
Ouço o tic-tac do relógio… que compassa com a brasa – corrói.
Brasa minha… do cigarro – queima.
Olho para dentro… nada.
Olho para fora… brasa – tempo.

Ritmo.
Não consigo o silêncio.
Cigarro – trago – tempo – brasa – queima.
Tic-tac…
Último segundo… presente… já foi.
Passado.
Tempo passa…
Tempo.

Karla Mello
Novembro/2010





karla.melo66@hotmail.com"Nao tenho ambições nem desejos. Ser poeta nao e uma ambição minha. É a minha maneira de estar sozinho." (Fernando Pessoa)

 
Autor
karlamelo
Autor
 
Texto
Data
Leituras
1386
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
2 pontos
2
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Miquéias
Publicado: 30/11/2010 19:06  Atualizado: 30/11/2010 19:06
Participativo
Usuário desde: 25/11/2010
Localidade: São Bernardo do Campo - SP
Mensagens: 35
 Re: AMBÍGUA...
Bem escrito e profundo, meus parabens!

Sou novo no site e to adorando ler os textos.

Miquéias
abraço

Posts relacionados, Plugin for WordPress, Blogger...