Luso-Poemas
Registre-se agora!     Entrar

Links patrocinados



Menu de poemas

Quem está aqui

209 visitantes online (180 na seção: Poemas e Frases)

Escritores: 1
Leitores: 208

Caio, mais...

Licença

Licença Creative Commons

Proteção anti-cópia

Protegendo os seus poemas com Tynt

Textos -> Escolares : 

A EDUCAÇÃO TRADICIONAL, VISTA POR OUTRO ÂNGULO

Tags:  pensar    educação    valores  
 
A EDUCAÇÃO TRADICIONAL, VISTA POR OUTRO ÂNGULO

Saleti Hartmann
Professora

O que faz a vida interessante é a capacidade que o Homem Civilizado tem, de pensar a Educação, refletir o Sistema de Ensino que pretende, no contexto em que vive, incluindo momento histórico, cultural e espiritual. A História da Educação, então, é a soma das experiências adquiridas ao longo dos séculos, oferecendo aos seus estudiosos e pesquisadores uma farta base de argumentos, um forte pilar como fundamento e a certeza de que o Mundo Civilizado sempre tem uma saída nos seus tempos de crises. Basta dizer um grande NÃO ao negativismo, e encarar os novos desafios com muita Fé e muita Coragem, sem deixar de lado – jamais – os princípios e valores que devem reger os pensamentos e os atos humanos.
Quem tem tempo e oportunidade de ler e estudar os grandes pensadores e filósofos em Educação, tanto do passado mais antigo como do tempo presente, perceberá que a EDUCAÇÃO jamais foi inconseqüente, jamais perdeu o rumo no que respeita aos motivos (e objetivos) que moveram (e movem) as consciências mais despertas do Planeta, procurando ser, sempre, uma alavanca mediadora entre passado e futuro, entre o que “é” e o que “gostaríamos que fosse”.
Com base neste pensamento, reporto-me, principalmente, a um determinado período da EDUCAÇÃO mundial e brasileira, onde adotou-se como forma de caminhar, a chamada “educação tradicional”, que hoje, infelizmente, é bombardeada somente com críticas negativas, como se este período nada tivesse acrescentado de positivo à construção da História humana na Terra.
Se analisamos o período da educação tradicional, visando, também garimpar o que ela pôde contribuir para o crescimento cultural e mental da Civilização, sem o estigma de qualquer ideologia, apenas com o objetivo de estudar os pensadores em educação desta época, nos surpreenderemos com a fortaleza que foi a escola dentro de um contexto dominado pelo fanatismo religioso, político e econômico, onde pessoas foram educadas de forma a se transformarem em seres humanos responsáveis, fortes moralmente, e bem preparados para viver o seu tempo da maneira rígida como naquela época era a exigência.
O mundo da Educação Tradicional viu passarem duas guerras mundiais, viu os costumes e valores sendo transformados da noite para o dia e preparou-se para formar pessoas de caráter forte e objetivos determinados. A educação não pôde ser “light”, porque os tempos não eram suaves.
Quem estuda com mais cuidado o período da Educação tradicional, pode conferir que dela o nosso tempo herdou valores preciosos, que não devem ser perdidos, porque fortaleceram a vida e o caráter de gerações como a de nossos pais e a geração que hoje, está experienciando meio século de história neste planeta.
Inevitavelmente, podemos conferir que os pontos positivos da educação tradicional, entre outros, foram: o poder de concentração (que ajuda os engenheiros a construir grandes obras como pontes, edifícios, usinas hidroelétricas, com a responsabilidade de quem sabe que não está projetando a vida somente para o tempo de agora, mas para ultrapassar, se possível, várias gerações além e aquém da nossa e dos nossos netos). Este requisito também fortalece o caráter humano, para que haja respeito pela vida alheia, em todos os momentos, em qualquer tempo histórico, político e cultural. Na época da Educação Tradicional, havia mais RESPEITO MÚTUO.
Outra característica que considero fundamental para uma boa formação mental, é a tão criticada memorização, que (ao contrário do que muitos pensam e falam), fez um trabalho de dinâmica do registro das informações no cérebro dos alunos de então. Senão, vejamos a principal justificativa da memorização, que é o uso da lousa e de outros materiais não permanentes no tempo da educação tradicional, que exigia, antes da compreensão do assunto, a sua memorização, para depois, aos poucos, ser assimilado pelos que tivessem a mente desperta para os acontecimentos da sua época e do seu mundo. O uso da lousa obrigava os alunos a fazer anotações rápidas, que logo depois eram apagadas, mas que eram “cobradas” no decorrer da vida escolar do aluno, e depois, ainda, na vida profissional. Pessoas que vivenciaram aquele período, ainda hoje mostram uma fortaleza mental, um conhecimento definitivo das noções básicas dos cálculos práticos e dos princípios norteadores de uma vida de sucesso, no trabalho e na família, que hoje fazem falta na vida social dos indivíduos.
Portanto, toda vez que leio ou escuto críticas severas ao sistema tradicional de ensino, logo chego à conclusão de que a pessoa em questão não se aprofundou na sua pesquisa de época e contexto social, histórico e cultural, que provocou tantas exigências, aparentemente traumatizantes, mas que permitiu um fortalecimento mental, emocional e cultural, num momento histórico delicado e exigente, que ainda estamos tentando esquecer.


Autor
SALETI HARTMANN
Autor
Textos deste autorMais textos
Rss do autorRss do autor
EstatísticasEstatísticas
 
Texto
Data
Leituras 13482
Favoritos 0
Licença Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
Enviar este texto a um amigoEnviar
Imprimir este textoImprimir
Salvar este texto como PDFCriar um pdf
Partilhar
0
0
0
Recentes
EU E O AMOR
POEMA DA RESIGNAÇÃO
CÉREBRO X TECNOLOGIA
SÓ!
CONSIDERAÇÕES SOBRE A RAPIDEZ E A PACIÊNCIA (NÃO ao fechamento da APAE)
Aleatórios
O PRÍNCIPE-MENINO
QUERO FALAR DE PAZ...
PERFIL DE HERÓI
ÁGUA
O CRAVO E A ROSA
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Henrique Pedro
Publicado: 02/03/2008 12:14  Atualizado: 02/03/2008 12:14
Colaborador
Usuário desde: 28/07/2007
Localidade:
Mensagens: 3821
 Re: A EDUCAÇÃO TRADICIONAL, VISTA POR OUTRO ÂNGULO
Tudo são sinais da degradação da Civilização actual, por mais espectaculares que sejam os feitos tecnológicos. A Humanidade está a afundar-se. ~henrique pedro

Login

Usuário:

Senha:

Recordar senha



Esqueceu a senha?

Registre-se gratuitamente!

Leia também

  • Poemas - Pobre - GloriaSofia

Comentários Recentes

Luso Pensamentos

Frase

É incrível que, no intuito de justificar as nossas crenças, coloquemos Deus na terra e o Homem no céu

(Garrido)



A folha

A folha cai no verão.
( Era folha de papel)
Não consigo pegá-la
Porque o vento é forte
E me leva para longe.

Matheus



Insanidade perfeita

Sinto-me cansada
Já me faltam as palavras!
As que saboreio entre dissabores
Da minha própria loucura
Já não sinto o meu corpo
As vogais consomem-no
Adormece em brandas consoantes
Ficam tantas frases por dizer
Aquelas,
Que já não consigo escrever,
Falta-me a força
A caneta começa a tremer
Soluça.
O meu olhar constrói
O que meu pensamento rejeita
Esta sou eu,
A doce mulher
A insana, poeta...

(ConceiçãoB)



Tempestades

Tudo em mim, são dias de tempestades...
Por isso entrego minha alma à poesia
E meus dias a escrever versos
E meto uns poemas em velhas garrafas
E as levo para as águas intermináveis dos mares
- revoltos e tristes -
E as lanço, na singela esperança
De que um dia alguém os leia
Ainda que meus pés não estejam mais sobre este chão
E meu corpo tenha sido já lançado no ventre desta terra impura
E minha alma tenha também partido
- para a imensidão do infinito com que sonho,
ou para o abismo solitário que me amendronta...

(Vanessa Marques)


vaga-lume

... beijar-te

- era ser
pássaro azul
dedilhando ugabe

era levitar
beber das nuvens
e desfolhar os céus

era um doce caminhar
sem tocar o chão
estirpes desaguando
em aljôfar...

era dédalo a calar-me
se acontecia
cascata de sonhar-me
na boca que feliz
se fenecia

- e era livre
sendo chama
toda asas
vaga-lume
brilhante
como quem ama.

(RoqueSilveira)


Nós de poesia

A vida é feita de incompletudes...
Como os bares de mesas vazias
Nas calçadas
Ou as longas estradas
Repletas de nada dos dois lados

Ainda assim, escrevo
Mesmo sabendo que em mim
desatam-se nós de poesia
E atam-se outros em seguida.

O fato é que
Daquilo que me resta
Faço-me humanamente completa
meramente humana...

(Vanessa Marques)



Frase

"Amor" é o presente dado sem esperança de retorno,
e o que esperamos é apenas que não seja rejeitado

(Junior A.)



Frase

Como posso explicar
Esta dor
Invasora
Da minha alma
Senão dizer
Que és a mentira
Mais verdadeira
Da minha vida...?

(Raquel Naranjo)



Frase

O amor é como a justiça:
Injusto e cego.

(TrabisDeMentia)



guardanapos

do nosso beijo,
muralhas

do nosso amor,
migalhas

do nosso verbo,
mortalhas

dos nossos papos
poemas
em guardanapos

(Niké)



Sexto sentido

Tenta ouvir o silêncio...
Ver a luz na escuridão profunda...
Cheirar o aroma da mais pura água...
Sentir a textura do vento...
Saborear a doçura do sal...
Quando o conseguires...
Irás te descobrir...

(gera)



Só saudade

Dor que sente
Dor que não se mede
Que vai e vem

Com a vida vou rolando
Com a dor vou buscando
Talvez alívio...

Quando doer que seja
Sem deixar morrer
Só saudade...

(amasol)



A foz

Se cada coisinha que eu sei correspondesse a um rio... E se cada um deles desaguasse na mesma foz...Esta não teria senão o tamanho de uma bacia bem pequenina na qual eu refresco os meus cansados pés. Os rios seriam tão curtos quanto a minha felicidade, tão estreitos quanto a minha existência, tão secos quanto a minha solidão. Mas talvez, talvez bem no fundo da bacia, talvez para lá das lágrimas turvas, e para que eu me possa orgulhar, talvez sorriam dois peixinhos, que eu, apesar da distância possa contemplar! E quem sabe... Uma flor se incline e faça nascer, na foz uma flor que eu possa colher!

(TrabisDeMentia)
Posts relacionados, Plugin for WordPress, Blogger...