http://www.luso-poemas.net/modules/smartsection/item.php?itemid=3049
 
Sonetos : 

A COR DA PACIÊNCIA

 
O tempo voa e eu insisto em ir valsando,
Pois não me leva a pressa à terra outra
Além da mesma terra que sonhando
Eu sempre quis aquém da ânsia louca.
Eu quero o passo certo, a vela solta
Ao vento nobre que não seja furibundo,
Eu quero exato ímpeto e não revolta
Alimentando a chama do meu mundo.
Quero dançar um xote ritmado,
Ir esquecendo o modo apressado
Que imprimiram a nossa existência.
E quando um dia houver encontrado
Seja o que for que haja do outro lado,
Peço que tenha a cor da paciência.


Frederico Salvo


Direitos efetivos sobre a obra.
http://pistasdemimmesmo.blogspot.com/

 
Autor
FredericoSalvo
 
Texto
Data
Leituras
2378
Favoritos
1
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
17 pontos
9
0
1
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 17/06/2009 02:23  Atualizado: 17/06/2009 02:23
 Re: A COR DA PACIÊNCIA
Muito bonito e bem escrito este soneto. Se a paciência tiver cor que seja azul

Beijo azul


Enviado por Tópico
PedroGeraldo
Publicado: 17/06/2009 02:32  Atualizado: 17/06/2009 02:32
Da casa!
Usuário desde: 07/03/2009
Localidade:
Mensagens: 441
 Re: A COR DA PACIÊNCIA
POema bom demais da conta. Abraços


Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 17/06/2009 03:01  Atualizado: 17/06/2009 03:01
 Re: A COR DA PACIÊNCIA
"O tempo voa e eu insisto em ir valsando,"

e que seja sempre ao som da sua bela poesia.

Fraterno abraço Frederico.
Silveira


Enviado por Tópico
Alexis
Publicado: 17/06/2009 13:29  Atualizado: 17/06/2009 13:29
Colaborador
Usuário desde: 29/10/2008
Localidade: guimarães
Mensagens: 7254
 Re: A COR DA PACIÊNCIA
"Eu quero o passo certo, a vela solta
Ao vento nobre que não seja furibundo,
Eu quero exato ímpeto e não revolta
Alimentando a chama do meu mundo."

...que a música da vida te permita sempre dançá-la ao teu próprio ritmo...compassado e em sintonia com o bater forte do teu coração de poeta da paz.
amo ler-te.
abraço.

Enviado por Tópico
Nanda
Publicado: 17/06/2009 13:32  Atualizado: 17/06/2009 13:32
Colaborador
Usuário desde: 14/08/2007
Localidade: Setúbal
Mensagens: 10978
 Re: A COR DA PACIÊNCIA
Fred,
A paciência traduzida aqui na tranquilidade de espírito do poeta.
Muito lindo.
Bj
Nanda

Enviado por Tópico
AnaCoelho
Publicado: 17/06/2009 17:42  Atualizado: 17/06/2009 17:42
Colaborador
Usuário desde: 09/05/2008
Localidade: Carregado-Alenquer
Mensagens: 11842
 Re: A COR DA PACIÊNCIA
Um poema na paciência poética de quem tem a leveza da escrita, gostei.

Beijos
Posts relacionados, Plugin for WordPress, Blogger...