https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

Vícios

 
Os seus únicos vícios da vida
São maléficos e podem matar
São duma pobre alma só, perdida
No mundo, sem ninguém para amar.

Sem ter a esperança no olhar
Caminha na estrada contorcida
E no seu triste passo de pesar,
Vai num cambalear suicida.

A fruta proibida foi manjar
A droga foi semente mais querida
Que no corpo esteve a plantar.

A morte que virá é esquecida
Mas cedo levará seu respirar
Da jovem ilusão mais iludida

 
Autor
MariaSousa
 
Texto
Data
Leituras
653
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
7 pontos
7
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 30/06/2007 23:37  Atualizado: 30/06/2007 23:37
 Re: Vícios
Um retrato muito inspirado ao cambalear suicida.
Um pesadelo a que deu aqui um tratamento esclarecido.

Enviado por Tópico
Carla Costeira
Publicado: 30/06/2007 23:47  Atualizado: 30/06/2007 23:47
Colaborador
Usuário desde: 16/02/2007
Localidade: Sintra
Mensagens: 918
 Re: Vícios
Lindo soneto, muito lindo mesmo!
Bjs

Enviado por Tópico
ângelaLugo
Publicado: 30/06/2007 23:54  Atualizado: 30/06/2007 23:54
Colaborador
Usuário desde: 04/09/2006
Localidade: São Paulo - Brasil
Mensagens: 14962
 Re: Vícios p/ MariaSousa
Querida Maria

Ficar perdida no mundo
sem ninguém para amar
é de verdade entristecedor
ainda mais quando a morte
é certa e mais ou mais tarde
virá e a ilusão terminará..
simplesmente belo seu soneto
Parabéns!!!

Beijinhos no coração

Enviado por Tópico
Vera Sousa
Publicado: 30/06/2007 23:59  Atualizado: 30/06/2007 23:59
Membro de honra
Usuário desde: 04/10/2006
Localidade: Amadora
Mensagens: 4100
 Re: Vícios
Maria está lindo! Realmente a droga, assim como outros vícios, são uma forma de suicídio.

Beijinhos

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 01/07/2007 00:00  Atualizado: 01/07/2007 00:00
 Re: Vícios
Esta é pra mim..!
Obrigado Stora... que jóia de poema!


Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 01/07/2007 00:17  Atualizado: 01/07/2007 00:17
 Re: Vícios
Engana-se Doutora, nunca pretendi ser príncipe, nem sonhei com tal. O cocas é só fumaça e snifes, quando muito está virando abóbora mesmo.
Os seus poemas são muito mais objectivos e incisivos do que pretende fazer crer. Todos têm sujeito, mesmo.
Obrigado pela consideração.