https://www.poetris.com/
 
Textos : 

As revoluções são meninos que quando crescem, adoecem

 
Tremendo remendo, o que rebentou com estrondo na boca mais rouca de que a história tem memória. Não é coisa pouca ou pequena. É até mais do que terrena, quando se pavoneia de peito feito e passeia o elegante estreito.
Ora, o garbo que te toma por parvo é engodo que se engole todo, como se de um remédio desertasse numa arremetida de tédio sem ser cura para alguma coisa que se desconhece mole ou dura. É da doença de sacanice que se enche a dorna. É pús em fermentação morna que enraba a meninice. É essa maleita insidiosa que fina e deita ao chão a inocência mais generosa.
Incólume. Assim vai passando o volume acetinado e rugoso da derme sobrevivente, que infecta de toque aleitado pertença de qualquer dengoso mimado.
E eis que o tribunal pára para o tribuno. Lá vai ele falando e falando e falando, de limpo punhal empunhado sem nunca o tirar da baínha. O justo, esse, cala-se tal busto poisado no poial da entrada de uma porta que nunca abre.
Urge perceber se surge uma nova ordem. Talvez! Promete-se... um dia destes. Qual ordem? Qual não se sabe. Igual não cabe. Enfim, morre sempre a que nasce.
No final esquece-se e faz-se outra vez porque tudo passa por veludo e no fundo aproxima-se sempre do entrudo.
Fica só a dor na alma de quem se lembra.

Valdevinoxis


Nas troikas não há camaradas e da camaradagem não nascem troikas.


 
Autor
Valdevinoxis
 
Texto
Data
Leituras
888
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
7 pontos
7
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
HelenDeRose
Publicado: 21/03/2010 20:30  Atualizado: 21/03/2010 20:31
Usuário desde: 06/08/2009
Localidade: Sorocaba - SP - Brasil
Mensagens: 2092
 Re: As revoluções são meninos que quando crescem, adoecem
Feliz ano novo Val!...rs...Seu texto além de expressar um tema reflexivo, possui no seu íntimo um exercício respiratório que não nos faz adoecer. Percebi ao ler em voz alta. Já estava com saudades dos seus escritos. Bjo.

Enviado por Tópico
Henrique Pedro
Publicado: 21/03/2010 20:43  Atualizado: 21/03/2010 20:43
Colaborador
Usuário desde: 28/07/2007
Localidade:
Mensagens: 3821
 Re: As revoluções são meninos que quando crescem, adoecem
Um texto curiosíssimo, repleto de termos bem ajustados, rimados, usados com total propriedade o que lhe confere um dinãmica harmoniosa. Acaba por ser uma análise certeira e oportuna desses fenómenos sociais e políticos que dão pelo nome de "revoluções". E nós bem sabemos que as revoluções como os meninos se não são bem cuidados adoecem. Talvez falte aqui a componente dramática. As revoluções comem os seus filhos.

Aplaudo

Abraço

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 21/03/2010 21:39  Atualizado: 21/03/2010 21:39
 Re: As revoluções são meninos que quando crescem, adoecem
de fora, pode-se ver as coisas com muito mais claridade. só nos que estão dentro, e que 'fica a dor na alma de quem se lembra'.

hora viva! fraterno abraço Val.

zésilveira

Enviado por Tópico
Antónia Ruivo
Publicado: 21/03/2010 21:44  Atualizado: 21/03/2010 21:44
Colaborador
Usuário desde: 08/12/2008
Localidade: Vila Viçosa
Mensagens: 3906
 Re: As revoluções são meninos que quando crescem, adoecem
E não é que já tinha saudades de te ler, das revoluções deixei de falar faz muito tempo,rss beijinhos

Enviado por Tópico
arfemo
Publicado: 21/03/2010 23:32  Atualizado: 21/03/2010 23:32
Colaborador
Usuário desde: 19/04/2009
Localidade:
Mensagens: 4812
 Re: As revoluções são meninos que quando crescem, adoecem
texto muito bem escrito, mas nos deixa (porque será?)um travo amargo, talvez por estar bem escrito e fazer pensar (mas este tema é demasiado complexo para um breve comentário...)

arfemo

Enviado por Tópico
Conceição Bernardino
Publicado: 22/03/2010 14:22  Atualizado: 22/03/2010 14:22
Colaborador
Usuário desde: 22/08/2009
Localidade: Porto
Mensagens: 3332
 Re: As revoluções são meninos que quando crescem, adoecem
Olá Val,

qualquer revolução que não seja feita inteligentemente não acrescenta nada de benefico à liberdade.

beijo

Enviado por Tópico
cleo
Publicado: 23/03/2010 01:43  Atualizado: 23/03/2010 01:43
Luso de Ouro
Usuário desde: 02/03/2007
Localidade: Queluz
Mensagens: 3857
 Re: As revoluções são meninos que quando crescem, adoecem
Ontem maravilhei-me duplamente a ler este texto.
Primeiro, porque há muito lhe sentia a falta por aqui e segundo porque o texto é realmente dos bons, daqueles que dá gosto de ler!

Ainda bem que voltou!

Beijo