https://www.poetris.com/
 
Poemas -> Sociais : 

Os anos da outra...

 
- Vinho, vinho, traga vinho!!
Mais um jarro que aqui ningúem bebe sozinho,
E falta uma travessa,
Mas depressa,
Que o vinho está a acabar,
E a malta só agora é que vai começar a jantar,
Venha mais uma remessa,
- Faz lá essa!, o quê? Mas depressa,
Que já estão a pagar,
E temos de ir lá fora apanhar ar.

- Corram, corram para o SR!
Antes que fechem a porta,
A malta já está torta,
E os shots são infinitos,
Ficamos todos bonitos,
Quando se bebe assim,
Peçam mais um jarro,
Mas não se esqueçam de mim,
Que “The end of the world party” está longe do fim.

A separação,
Uns para cima,
Outros para baixo,
Na loucura da confusão,
Uns desaparecem, e re-aparecem,
E entram na continuação,

- Vamos ao balcão, vou pedir um vodka limão!
E shots ao par,
Porque da maneira que vejo o Telmo a dançar,
Vejo que isto está longe de acabar,
- Vamos ao balcão, vamos pedir!
Vamos lá outra vez para repetir,
Agora sim, parece que já estou a sentir,
O coma a chegar.

...

De manhã acaba a noite,
E agora é outro dia,
A dôr de cabeça é enorme,
O rei Telmo ainda dorme,
E acabou-se a folia,
Agora ressaca-se, e como custa,
Como está complicado,
Só à noite de novo,
A malta se encontra,
E ri-se mais um bocado.



Obrigado a tudo o que me inspira.

 
Autor
Ruben
Autor
 
Texto
Data
Leituras
475
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
2 pontos
2
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 23/07/2007 15:13  Atualizado: 23/07/2007 15:13
 Re: Os anos da outra...
É só uma vida de outra época em que vivemos quando deparados de dificuldades à dos tempos actuais.

Enviado por Tópico
Tália
Publicado: 23/07/2007 19:07  Atualizado: 23/07/2007 19:07
Colaborador
Usuário desde: 18/09/2006
Localidade: Lisboa
Mensagens: 2503
 Re: Os anos da outra...
Se tivesses ficado pelo vinho não tinhas dores de cabeça no outro dia...

beijos

Tália