https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

Melancolia

 
Tags:  tristeza    sombrio    gotico  
 
Como definir essa onda de vaga tormenta,
Espiral de languidez e morte
Aspirando atos finais de trágicos emblemas
Nos mausoléus de ermos pensamentos ?

O amor a esse sofrimento evoca
Abortos mal sucedidos de tragédias recentes
Em cicatrizes extensas acima do céu
Percorrendo solitários devaneios.

Selado no túmulo abraçado ao olhar
De incoercível revolta contemplo
O nascimento de chagas nas mãos
Comprimindo inuteis laços corrediços
Que sangram farpas de partidos ossos.

 
Autor
RaimundoSturaro
 
Texto
Data
Leituras
828
Favoritos
2
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
22 pontos
4
1
2
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Amora
Publicado: 21/04/2010 04:54  Atualizado: 21/04/2010 04:54
Colaborador
Usuário desde: 08/02/2008
Localidade: Brasil
Mensagens: 4763
 Re: Melancolia
Como definir?
Poema!
Esse poema!
E dos que mais gosto.
Melancolia dita de forma ímpar.
Um beijo.

Enviado por Tópico
Henrique Pedro
Publicado: 21/04/2010 07:55  Atualizado: 21/04/2010 07:55
Colaborador
Usuário desde: 28/07/2007
Localidade:
Mensagens: 3821
 Re: Melancolia
Saliento a beleza, agreste deste poema superior, marcado pelo realismo e rigor da genuínas imagens-ideias-sentimentos que, por certo, correm nas veias.

Abraço

Enviado por Tópico
Conceição Bernardino
Publicado: 21/04/2010 09:00  Atualizado: 21/04/2010 09:00
Colaborador
Usuário desde: 22/08/2009
Localidade: Porto
Mensagens: 3332
 Re: Melancolia
Já te sentia a falta de poemas em dó maior.

beijo

Enviado por Tópico
Betha Mendonça
Publicado: 21/04/2010 18:03  Atualizado: 21/04/2010 18:03
Colaborador
Usuário desde: 01/07/2009
Localidade:
Mensagens: 6741
 Re: Melancolia
Amar sombriaticamente belo!
Bjins, Betha.